A verdadeira originalidade de ser

A VERDADEIRA ORIGINALIDADE DE SER

 

A verdadeira originalidade de ser, onde buscá-la?

No Conhecimento do Ser.

 

O Conhecimento do Ser, onde está?

Está no raciocínio.

 

O raciocínio, onde encontrá-lo?

Busque-o em si mesmo.

 

Buscar o raciocínio em mim mesmo, como?

Lendo o Conhecimento do início da formação de tudo.

 

De que Conhecimento se trata?

 

De um seletíssimo prato literário formado de um só Conjunto de Conhecimentos Racionais. Conteúdo dos Livros: Universo em Desencanto. O Conhecimento Supremo de paz, amor e fraternidade universal; é o Conhecimento de Cultura Racional o maior tesouro da humanidade. O Conhecimento de Redenção Universal.

 

Qual o objetivo desse Conhecimento?

A ligação do Ser Humano ao seu verdadeiro Mundo de Origem, o Mundo Racional.

 

No que se baseiam esses Conhecimentos Racionais?

Na Personalidade Verdadeira.

 

Personalidade Verdadeira?

 Nos Conhecimentos Racionais estão todas as bases do Ser Supremo a tudo e a todos, para dar-nos a conhecer: de onde viemos; como viemos; para onde vamos; e como vamos.

Este Conhecimento nos foi dado pelo contato do Racional Superior que é Habitante de um Mundo Superior a este Mundo de matéria. Uma pessoa ligada ao Racional Superior; por ser ligada, são dois em um só. São dois Racionais: o do Mundo Racional (que é o Racional Superior) e o da Terra, o Sr. M.J.C., ligado ao do Mundo Racional. Para ver que, são dois Racionais, ambos ligados em um só.  

 

Aqui estamos. Mas, de onde viemos?

Este Mundo onde estamos surgiu do Mundo Racional; esta deformação de origem Racional.

 

E como viemos parar aqui?

Uma parte do Mundo Racional começou a deslocar-se e a descer e descendo sempre, até chegar a ficar o Mundo como está.

 

O porquê deste Mundo?

A vontade; por, a vontade ser livre.

 

A vontade de quem?

De cada um dos causadores de si mesmo ser como é. A vontade do Ser Racional que deu origem ao animal Racional e que ninguém conhecia.

 

E daqui, para onde vamos?

De volta para o lugar de onde viemos.

 

Por quê?

Porque é de lá que somos.

 

E se alguém não quiser fazer por onde voltar?

Então, esse alguém continua fazendo o que sempre fez até aqui, por continuar ligado às Energias deste Conjunto elétrico e magnético.  Continua como o inconsciente que não conhece o certo, vivendo de experiências atrás de encontrar a verdadeira base; na dúvida de tudo, na incerteza de tudo, uma vida de indecisões, típica da Fase do pensamento que terminou. Fez por onde aqui ficar. E, por aqui, vai continuar.

 

E qual o destino de quem aqui neste Mundo vai continuar permanecendo?

A sua sabedoria artificial o manterá como um livre pensador, vago sofredor e mortal. Então, continuará a viver aqui no chão, por conta de uma Natureza de transformações. Vindo a extinção da classe de Animal Racional e a sua transformação para classes de corpos de vida sempre mais inferiores. E vai se transformar de animal Racional para irracional. Primeiramente, invisível e depois, de matéria visível; porque a Natureza é de transformações. Então, só depois de percorrer toda uma hierarquia de corpos inferiores, advirá a transformação desta deformação para o seu estado natural de Planície Racional. Aquela mesma que desceu para compor este Plano da existência Racional deformada.

 

E se alguém quiser fazer por onde voltar?

Então, esse alguém toma atitude diferente. Procura conhecer a solução Racional da vida, definida e definitiva. Vai ler os Livros que lhe dão a conhecer a razão do seu Ser. Vai conquistar a sua Racionalização pessoal, no conhecer a razão de viver. Vai saber que, o que deu razão ao Racional é o Mundo Racional até nele ficar ligado, como um Aparelho Racional. Vai conhecer a razão do Mundo, o que deu razão a este Mundo que é uma deformação. Vai conhecer a razão verdadeira do seu Ser. Vai conhecer e desenvolver a Individualidade Verdadeira, a razão verdadeira da verdadeira origem de ser assim como é. A razão do seu Ser é Racional. Vai conhecer a razão da vida. Vai conhecer a origem.

 

O que é a origem Racional do corpo de matéria?

A origem Racional é um corpo de energia que deu causa ao corpo de matéria, de origem Racional. Tudo isso seria impossível, se nós não fôssemos corpos de matéria de origem Racional.

 

E o que é que volta para o nosso verdadeiro Mundo de origem, que é o Mundo Racional?

É o Corpo de Origem. Sim; que, no ler e reler desenvolve o raciocínio. No desenvolver o raciocínio, vai se ligar Energia Racional, pura, limpa e perfeita. Então, o raciocínio desenvolve a origem. E a matéria se transforma naquilo que lhe originou. E há a transformação da matéria para o seu estado verdadeiro de ser um corpo de energia.

 

O que foi que originou a matéria?

Foi aquele mesmo corpo do antes de ser matéria, que deu causa ao corpo de matéria de origem Racional; porque este corpo é de origem Racional. A origem é a parte essencial da matéria. É uma condensação Racional, a condensação de energia Racional, que deu prosseguimento à vida Racional na matéria; porque se constituiu (a sua massa cosmológica Racional) num corpo em matéria fluídica elétrica e magnética; com a transformação da Planície Racional.

 

 

E por que é que a humanidade julgava e pensava que a matéria fosse a nossa verdadeira origem?

É que a humanidade sempre desconheceu a sua verdadeira origem; então, todos julgavam que fossem filhos da matéria.

Sim desconheciam a origem que foi e é a fábrica dos micróbios e vírus e germens, para a formação do corpo humano.

 

E onde está o Conhecimento do Ser?

Está no raciocínio, que é a sua verdadeira originalidade de ser. Essa é parte da cabeça que sempre esteve paralisada; isso, enquanto base biológica de nossa função psicológica Racional; que é o exercício do raciocinamento e não, dessa função psicológica de animal; que é a imaginação e o pensamento.

 

O pensamento elétrico e magnético é o juízo final?

Não. Desses três pólos diferentes em nossa cabeça: a parte que é ligada ao elétrico; a parte que é ligada ao magnético; e a parte que é ligada ao natural; a humanidade na condição de centros astrológicos, ficou altamente desenvolvida somente nos hemisférios elétrico e magnético, a parte da matéria.

 

Mas sempre, procurando a verdade justamente onde não podia encontrar nessa ilusão que provém do nada, que se transforma em aparência de tudo ser e volta a se transformar no nada ser. Morrendo e nascendo por geração desse óvulo no formato de um pingo d’água, que é esse líquido seminal, chamado sêmen”.

 

Essa é a vida aparente, desenvolvida pela energia animal em oscilação; que dá causa ao desequilíbrio da razão. De forma que com esses dois pólos em função, a vida era de sonhos, fantasias e de ilusões e ninguém sabia definir o seu “Eu”.

 

E quanto à questão do “Eu”, qual a solução?

Há mais uma evolução a fazer. Há mais progresso dentro da cabeça humana, do que a nossa categoria vã de cultos em cultura artificial jamais pode imaginar, quando a fase era de Animal Racional.

A solução é Racional. Ficávamos, na humanidade, na Fase de Animal Racional livre pensador, todos achando ser o que ninguém era e dizendo:

— “Eu sou Fulano.”. Ou — “Eu sou Fulana.”. Ou — “Eu sou a Cicrana.”. Ou — “Eu sou Beltrana.”. Ou — “Eu sou Beltrano.”.

Para ver que era uma infinidade de Eu fracionado; que, todos somados, nunca que resultava em um.

 

Mas, agora, no passarmos todos a conhecer o porquê da vida e que: se existe vida, é porque existe a causa que deu origem à vida; vamos ficando esclarecidos de que: a vida é o testemunho de outra vida que, deu conseqüência a esta vida. Então, iremos saber de uma vez por todas, como podemos nos organizar para a composição melhor da vida, para o equilíbrio perfeito. A outra vida, a vida Racional.

 

E nesse equilíbrio perfeito, todos sabendo viver. Para quem sabe viver a vida se torna alegre, feliz e contente. E para quem não sabe viver, a vida se torna triste, infeliz e descontente.

 

Daí, então, a restauração do “Eu”. E chegando assim, todos à solução do “Eu” e do “tu”; ficando tudo Racionalmente solucionado.

 

De forma que, o significado de “humanidade” vai tomando o real sentido de ser, o Ser uno, integral, da Fase Racional: todos irmanados em “UM”. Este “UM” é o Verdadeiro Deus.

 

E nós somos “os todos irmanados”. E daí, “UM” por todos e todos por “UM”. Esse “UM” é o Racional Superior e este “UM” é o Mundo Racional. E nós somos “os todos por UM”.

Aí está o que a Humanidade, agora, quer dizer.

 

E o resultado alcançado, nos dias vindouros, será o equilíbrio perfeito, alcançado pelo desenvolvimento do raciocínio; essa Energia dos Racionais que se extinguiram em cima de quando era o início da existência da matéria e perderam a vida de Racional.

 

E no perderem a vida de Racional, o que lhes sucedeu?

E por perder a vida de Racional, por  se extinguirem em cima do início da terra e da água, se misturou a Energia dos Seres de cima, com essas duas energias deste chão, todas três, degeneradas. E houve a união dessas três energias que se transformaram do que eram.

 

Então formaram um Mundo de materializados?

Mas, (assevera o Livro de Cultura Racional) que é tempo da Humanidade parar com isso, de julgar e pensar que a sua verdadeira origem seja, o que nunca foi: a matéria”.         

 

A matéria, no ter contribuído (como muito contribuiu) para a formação desse tudo aparente (o corpo de vida) que nos deu o efeito simbólico da deformação; ela foi sim, uma coadjuvante para a formação da Energia degenerada.

 

Mera coadjuvante; visto que, por si mesma, a matéria não podia fazer o corpo sem que existisse uma causa, que tivesse dado formação a esta vida degenerada.

 

De sorte que, nasceu a inteligência no corpo de matéria, porque a Energia se desenvolve de uma maneira super-inteligente. A inteligência está no corpo de Energia; e, por a Energia ser uma força geradora, criadora e formadora deste corpo de matéria de origem Racional, então vai retomar a causa, que é o Ser de Energia.

 

Se alguém pergunta se é para já. Sim, já estamos na Fase Racional e por isso, sob um novo conceito evolutivo natural da Natureza.

O RACIONAL nos assegura que ninguém precisa ficar aflito; daqui a um bocado, a salvação de todos.

______________________________________

SAIBA TUDO SOBRE ISSO, ESTUDANDO OS LIVROS DE CULTURA RACIONAL: “UNIVERSO EM DESENCANTO” A VERDADEIRA ORIGEM DA HUMANIDADE.

 

______________________________________

 

Anúncios

A VERDADEIRA ORIGEM DA HUMANIDADE

A VERDADEIRA ORIGEM DA HUMANIDADE

 

O 1º Mundo, o Mundo Racional, o mundo dos puros, limpos e perfeitos, com seu progresso de pureza.

E o 2º Mundo, o Mundo da Degeneração e deformação e das transformações de origem Racional.

O 1º Mundo é a causa da existência do 2º Mundo, porque não há efeito sem causa.

 

Esse Mundo em que habitamos, surgiu do Mundo Racional, essa deformação de origem Racional; que no Mundo Racional existia um pedaço da Planície que não estava pronto para entrar em progresso, e uns tantos, fazendo uso da liberdade, entraram por esse pedaço da Planície e começaram a progredir por conta própria.

Resultado: esse pedaço por não estar pronto, começou a descer e descendo sempre, até chegar a ficar o Mundo como está.

 

Todos esses esclarecimentos estão contidos nos Livros de CULTURA RACIONAL, das 21 eternidades que passamos, até chegar onde estamos.

 

Lá em cima está o Mundo Racional e aqui, está a deformação de origem Racional, porque se existe este Mundo de origem Racional, é porque existe a causa, que é o Mundo Racional, porque não há efeito sem causa.

 

Esta Planície que veio descendo, começou a amolecer, depois gomosa e depois água, a origem do pingo d’água de origem da Planície Racional, mas já se degenerando.

E antes de se degenerar de todo essa Planície, começou a esquentar, e conforme foi esquentando, foi saindo uma resina. Esta resina deu origem à terra e foi a Planície que originou a água.

 

Lembrando onde se encontram todas essas revelações: nos Livros de CULTURA RACIONAL.

 

E leva este nome, de sêmen, o pingo d’água que originou da Planície que virou goma, depois água, porque veio se degenerando até a extinção dessa degeneração; depois da extinção houve, então, a deformação. Passaram da extinção de Racional para se transformar e se deformar em animal de origem Racional.

 

Um corpo em extinção, que se transformou em outro corpo em classe inferior, deformado como animal. Daí, então, o pingo d’água com a formação do corpo anterior, se transformou em outro corpo em classe inferior, a classe de animal de origem Racional.

 

Está aí, a origem do pingo d’água e porque, nele está uma máquina de vida humana.

O porquê ele é o gerador e formador e transformador, por ser um pingo d’água e se transforma em uma máquina de um corpo de vida humana provisória.

 

Então, o pingo d’água é gerado da Planície que ficou gomosa e virou água.

 

Está aí, a verdadeira origem do pingo d’água.

 

Antes de ser água, era goma.

Antes de ser goma, era Planície que não estava pronta para entrar em progresso.

Agora, todas as definições completas nos Livros de Cultura Racional.

 

Está aí como foi o princípio desse Mundo e a deformação Racional.

A verdadeira gênese do Universo.

O pingo d’água gerador da máquina de vida humana.

 

E TODA A REVELAÇÃO EM MÍNIMOS DETALHES, COM BASE LÓGICA, NOS LIVROS DE CULTURA RACIONAL.

 

 

O FIM DO MUNDO

O FIM DO MUNDO

 

Encontramos, explicado no Conhecimento Racional, que o verdadeiro Mundo é o Mundo Racional, o Mundo dos puros, limpos e perfeitos. Foi de onde uns tantos Racionais saíram e entraram pela Planície que não estava pronta para entrar em progresso. E, que se transformou primeiro, em terra, que foi a resina que saía da Planície com o calor do foco de luz. A resina veio ficando empolada, depois queimada, depois torrada e depois virou cinza. E a Planície, sua massa cósmica aquecida pelo calor, veio amolecendo, depois ficando gomosa, e dali veio derretendo, se liquefazendo, perdendo densidade até que virou água. Isso, enquanto vinha descendo.

E, no descer, deu origem a esse vácuo cósmico, onde existem os Seres celestiais. Trata-se dos Habitantes em corpos de Energia de massas diferentes dessa dos Seres  que se degeneraram de todo; que são os que estão em cima da Terra, em cima do chão e os que estão embaixo do chão, e os que estão embaixo d’água. Para ver que a matéria é originada do segundo Mundo; o Segundo Mundo: a água se transformando em Seres de vidas provisórias e passageiras.

Assinala a Cultura Racional que, o Mundo Racional é o verdadeiro Mundo intercósmico. E diz que assim é, por se tratar do Mundo interior. E acrescenta ser aquele, o Mundo dos Mundos.

Por vezes, a Cultura Racional, em sua Escrituração, menciona este nosso Mundo, como sendo o Mundo Externo e que, o Mundo Racional é o Mundo dos Eternos.

Quando essa Cultura comenta em seus livros o que é a cabeça humana, o faz por analogia a um relógio peculiar, munido de sete ponteiros.

Esclarece que a nossa cabeça é ligada a essas sete partes que são os sete reinos componentes deste Mundo Universal e que tiveram formação que lhes foi dada pela deformação das virtudes perdidas pelos corpos Racionais de Energia pura, limpa e perfeita e pela Planície Racional enquanto vinha ficando degenerada e deformada.

E essas virtudes são vidas essenciais, que compuseram   focos de Energia Cósmica porque vieram se reunindo e, com o tempo, dando constituição inicial aos corpos da vida celeste: sol, lua, estrelas; além dos planetas que têm ramificações com este Plano Astral Inferior.

Então diz: “Hoje, …por conhecerem o princípio da vida e o fim da vida provisória… as mentes todas se educando pelo desenvolvimento do raciocínio, para que em vida, aí na matéria se tornem todos Racionais. …E assim hoje enxergam a vida como ela é; por conhecerem a vida verdadeira e a vida passageira. Por estarem em vida, ligados à vida eterna e terem o verdadeiro conhecimento desta vida externa.”

Sim, os Livros de Cultura Racional asseveram que neste 3º Milênio, já estamos no limiar do ponto máximo de sabedoria. E, a razão principal, é que estamos sabendo deduzir o que é a Energia Racional e o que é energia material. Estamos chegando ao ponto consciente e positivo na vida terrena, por saber discernir o que é Energia do Encanto e o que é Energia do Desencanto. O que é Energia pura, limpa e perfeita e o que é Energia deformada e degenerada em transformação.

Dessa forma estamos mesmo adentrando, ainda que preliminarmente, num ponto alto de cultura, a CULTURA RACIONAL, que é a Cultura das Culturas. Motivo? Até muito simples e obvio, se tomarmos em conta que a Cultura Racional é do verdadeiro Mundo de origem da humanidade, o MUNDO RACIONAL. A Cultura da Fonte primogênita deste Mundo de matéria, que é o MUNDO RACIONAL.

De forma que neste Mundo de perturbações incontáveis, vivemos todos como joguetes desta natureza deformada, dirigidos pelo tempo, sendo o relógio, que é a cabeça, o robô da natureza espiritual visível e invisível, da matéria e do sobrenatural.

Então, a cabeça, o centro de comunicação com tudo e com todos. Sempre Recebendo as transmissões magnéticas e as transmissões elétricas e executando a voz do pensamento e da imaginação, da intuição, da inspiração e de toda espécie de irradiação.

Em síntese, quem guia a pessoa, em sua personalidade interior, é a Energia que lhe dá este ou aquele pensamento. O comando vem de dentro para fora, para governar o “tu” que é o vassalo do “eu”. O “tu” é o todo que se vê da pessoa. O “eu” é a personalidade hospedeira da Energia.

E outro agravante, é que sendo um centro receptor astrológico, a nossa cabeça capta tudo do que se diz de invisível, comunicando-se com o exterior, com o sobrenatural, que é o Mundo dos invisíveis. Adverte-nos a Cultura Racional que o nosso pensamento (fonte de magnetismo) não é um objeto abstrato de nossa propriedade.

Nem mesmo o fato do pensamento se desenrolar em nosso cérebro, nos habilita como donos do pensamento. O “eu”, o personagem que se entende com as personalidades invisíveis do elétrico e magnético, pode também habilitar-se a receptor das transmissões dos Seres invisíveis do Mundo Racional. E aí sim, tornar-se auto determinado positivamente, conscientemente.

Quando nos reportamos ao “Je pense, donc je suis” citada frequentemente em latim: “cogito, ergo sum” Pronunciada pelo filósofo Francês, Descartes, nos lembramos das seguintes considerações feitas pela Cultura Racional à frase: “penso, logo existo”:

Você pensa; então, você existe. Mas, se você pensa e não sabe  porque pensa; então, você existe e não sabe porque existe. E se você existe e não sabe porque existe; então, então, você não se conhece.E se você não se conhece; você não pode provar (com base e com lógica) o porque você existe. E, por isso, você não existe.

Claro, essa provocação feita pelos Livros Universo em Desencanto, visa estender a função de nosso aparelho psíquico ao plano da existência consciente. Ou seja, consciência não é só o que se passa na mente. Remonta à soberania da origem, transformando-nos de Aparelhos porta-vozes inconscientes deste Mundo que é elétrico e magnético, o Mundo do Ser irracional, para Aparelhos Racionais em conexão com os Habitantes do Supremo Mundo, o Mundo Racional. Portanto, Seres Racionalizados pelo conhecimento do Mundo de nossa Raça, (o Mundo de origem do raciocínio) e, por saberem também, como voltar para ele, o Mundo Racional.

Esse estágio,alcançaremos nos dias vindouros; se nos prontificarmos desde já, a galgarmos este mais alto patamar cultural de nossa existência.

De sorte que, a recomendação, que, muito insistentemente, tem sido feita nesta Fase natural da Natureza, a Fase do desenvolvimento do raciocínio é que cada qual, na humanidade, busque imediatamente, ligar-se à Energia da Imunização Racional, para que essa Energia do verdadeiro Ser natural da pessoa, lhe fique governando Racionalmente (naturalmente) todas as suas ações, atos, atitudes e procedimentos.

Daí por diante, desligado da Energia animal, o Ser Humano assim Racionalizado, estará tomado por um equilíbrio de Razão Suprema, adquirido pelo total desenvolvimento do seu raciocínio.

Imunizar quer dizer: unir-se à PUREZA. Imunizado é o mesmo que ser puro, porque já tem as suas virtudes que estavam nas sete partículas deformadas (nesta Galáxia elétrica e magnética) transportadas de volta para o estado natural, retiradas desta deformação Universal, para que dêem composição à formação verdadeira Racional da pessoa, lá em cima, no MUNDO RACIONAL. É um ponto final no Encanto, no sofrimento e no pranto.

Aí estará, portanto, positivado o fim do Mundo da inconsciência.

TODOS TÊM QUE DESENVOLVER O RACIOCÍNIO, PARA SAIRMOS VITORIOSOS DESTA FASE DE SALVE-SE QUEM PUDER E SE PUDER, QUE SE PASSA NO MUNDO TODO. A SOLUÇÃO DA VIDA AÍ ESTÁ DEFINIDA E DEFINITIVA, NOS LIVROS DE CULTURA RACIONAL: UNIVERSO EM DESENCANTO.