Você está sendo convocado pra se Salvar!

 

Salve!

Este espaço tem por propósito, acima de tudo, divulgar você… pra você e, Racionalmente. Mas, isto só me é possível fazer aos pedaços, por partes.

Não tenho a capacidade de realizar uma tarefa desta amplitude de uma só vez e nem de uma vez por todas. Pois, esta tarefa é tão difícil como a de realizar a inauguração de uma estátua em logradouro público; tendo que descerrar o pano que não nos deixa ver e nem desnudar a sua figura esculpida.

De forma que, a gente vai descerrando pouco a pouco ao pano que lhe cobre a sua escultura e, do lado de cá, junto com a gente ali está você (e numa ansiedade danada) querendo ver-se para, finalmente, poder saber como que é ― de verdade — você é.

A teu lado estou e te observo; e, tão atentamente quanto consigo. E te confesso, a tua ansiedade, ela não é maior do que a minha. Ainda não superei esta minha deficiência (ou insuficiência, sei lá!) de não estar preparado como queria e devia estar, pra  ― neste evento agora — te revelar calmamente, a figura que você, realmente é.

Você nem sabe a satisfação que me dá, agora que seguro esta fita que vai descerrar, pouco a pouco, o pano que encobre a tua visão esculpida, pelo mais incomum escultor que, caprichoso, ELE te esculpiu do íntimo ao infinito. É sim, você – daqui um pouquinho – vai ver o que ELE te revelou, de você pra você e pro Mundo e, de fio a pavio. Onde havia mistérios em ti, enigmas em ti, sombras em ti; ELE tudo arredou de ti.

— “Quem é ELE?”. Esta tua pergunta procura antepor o AUTOR da Obra à própria Obra da autoria dele. Prá se conhecer o valor do outro, só mesmo conhecendo o que esse outro produziu. Mas, visto que ELE próprio já se identificou pro Mundo em sua Obra benfeitora, posso antecipar pra você que ELE, próprio, afirma que é – ELE – um Ser completamente desconhecido da humanidade. Como já te disse, ELE é o mais singular; tanto é assim que, ninguém mais poderia esculpir – de você desnudado, sem fantasias – um retrato completo, o mais fiel.

Mostrar pra você que, você é Racional. E lugar de Racional, é no Mundo Racional.

(continua…)

Anúncios

Você está sendo convocado pra se Salvar!

PARTE II

E bem aí, em seu íntimo, você me diz: — “Vamos logo com isso; chega de tanta conversa!”. Esta bem! Acalme-se aí; e, prepare-se com atenção. Pronto, puxe você esta fita que descerra a escultura onde, esculpido, você está. Descubra o teu Ser.

Pronto! Estás vendo? Aí está, finalmente, você e sem mais nada a te esconder. Você ali, inteiramente mostrado: quem você é; de onde você é; de onde você veio; porque vieste; pra onde você vai voltar – ao teu real ponto de partida.

Agora, observe só e, com a mais redobrada atenção, veja pra onde é que você estava indo a passos largos e, sem que pudesse, de fato, ver o tamanho profundo do abismo à tua frente. A tua extinção ia se dar pelo progresso da degeneração, pelas reproduções multiplicadas dos Seres desta civilização.

Veja só, o quanto que, o magnetismo da realidade aparente te cegava.

Mesmo aí estando este Monumental Conjunto que é o Encanto,  diante de ti escancarado, como um presépio, pela luz do entendimento filosófico e científico, todo iluminado; mesmo assim, você só enxergava mal ou menos, a tua realidade como uma pálida sombra do que você já foi e do que você era!

Você só via, de ti mesmo, a tua realidade aparente! Realidade de falsa qualidade. O agravante estava em você julgar ser o que você não era.

E se olhando pelo viés da realidade aparente, vivendo de ilusões; quando aconteciam os golpes cruéis; então era aí que, você até descrente de tudo ficava; porque, você só via a vida pelo avesso da vida. E vendo a vida pelo avesso, a gente não pode ver direito, o certo do que a vida é, pelo real da realidade dela. O avesso da vida é tudo que destrói a vida.

Eram as aparências que, não deixavam você ver o que a vida é.

Tanto assim é que, quem chegasse até você e te questionasse assim:    

— «Quem és “Tu” que, a ilusão é tanta; incapaz de definir o teu “Eu”? ».

Ante um tal quuestionamento, a tua mente civilizada do segundo milênio, se mostraria confusa. Mas agora, você está vendo aí, todo iluminado de uma luminosidade pura, limpa e perfeita, o outro caminho pra onde você vai.  Que beleza! O que você acha disto?

— «Mas acontece que, tudo isto que você está dizendo se tratar de mim, ali esculpido por ALGUÉM, nada disso de que você está falando, estou vendo‼»

— «Pois, tendo descerrado a cortina que encobria a minha escultura, só o que vejo ali naquele pedestal, não é a minha figura e sim, é simplesmente um Livro‼   Até vejo nele o nome: “Universo em Desencanto” e  também “Imunização Racional”!»

 

 

 

 

«E  vejo, nele, a figura de uma chave ornamental. Também vejo, nele, a seguinte inscrição:- “De autoria do Mundo Racional, do RACIONAL SUPERIOR”! E, vejo nele, a gravura de um Portal Monumental com os seus Umbrais, pra onde acorrem as pessoas que, adentrando por ele, elas se vendo iluminadas pela Energia luminosa Racional‼».

«Tudo isso, nele, eu vejo; só o que não posso ver é a mim mesmo, é a minha própria escultura, não me vejo ali esculpido o meu Ser naquela Obra‼».

Você está sendo convocado pra se Salvar!

Parte III

Sim, é verdade! Você ainda não pode ali se ver e, no entanto, você ali está, tendo associados à sua pessoa, esses dois corpos:- Um deles, é o corpo de matéria, pertencente à matéria a este Mundo aqui, a este Mundo de Mentiras; onde você é fluidicamente gerado e feito pra ser sempre desfeito e refeito de um outro diferente jeito; pois, que este é o teu assim ser, de um Ser inconsciente Encantado a todo momento transformado e transtornado. Sempre em reforma, sendo de todo lapidado, prontinho e preparado pra ser embargado de ti, teu lado errado que, é o teu Ser Encantado..

E o outro, desses dois corpos, ele é o corpo de Energia Racional, aqui neste Conjunto elétrico e magnético, deformado. Ele, mesmo extinto, as partículas dele emanando seus fluidos seminais, elas são a causa de você sempre ter nascido aqui, em corpos de matéria que, já vêem formados com o raciocínio. Enquanto esse corpo de Energia aqui permanecesse neste Conjunto Encantado, a tua pessoa seria sempre a mesma aqui a nascer com formação sucessivamente diferente.

Ele – esse corpo de Energia Racional – é o causador do raciocínio; e o raciocínio é que representa a tua pessoa. Esse corpo de Energia Racional, ligado nas Sete Repartições deste Conjunto Universal deformado, Elétrico e Magnético; é ele o corpo, de sua pessoa, pertencente ao Mundo de sua verdadeira origem, o Mundo Racional. Você desenvolvendo a desmaterialização do raciocínio; então, esse corpo de Energia de vida eterna, volta ao Mundo dos puros, limpos e perfeitos, dando-se aí o desembargo de seu desencanto. E, no você desencantar-se, salvou-se! 

E ainda melhor; se você neste LIVRO, ainda, não consegue ver-se; é só porque, o seu raciocínio,  ainda não começou – por meio da leitura assídua desse LIVRO – a desenvolver-se.

Que, prá você chegar até ELE, ao seu verdadeiro Mundo de Origem, o Mundo dos Eternos, puros limpos e perfeitos, com o seu progresso de pureza, basta você transpor positiva e conscientemente, a esse Portal Triunfal com os seus Umbrais culminantes de paz, amor, fraternidade e concórdia universal. E isso, requer de você, o verdadeiro saber contido neste Livro que agora ali está, ao alcance de suas mãos. Apresse-se, pois – na matéria corpórea – o raciocínio está a ponto de se extinguir, se ligado você continuar a permanecer, nas energias do Encanto.

 Vamos lá, apresse-se‼ Não há mais tempo algum a perder‼ Este Mundo já está nos  momentos do fim dele ser assim; o comportamento da Natureza já é radicalmente outro. Estamos na Fase Racional dela, a Fase do desenvolvimento do raciocínio, a Fase de Aparelhos Humanos Racionais. Adentre pelo Portal desta nova Fase e persista até ver a sua escultura definitivamente definida, esculpida, solucionada com base e com lógica Racional. O nome do Livro você já sabe! Busque nele, se conhecer, por inteiro.

Sucesso, saúde e paz Racional!

Você está jogando um jogo duro; mas, você vai vencer.

 

Você está jogando um jogo duro; mas; você vai vencer!

 

O ser humano é portador de um ser racional, o representante real da sua pessoa, organicamente ligado ao seu corpo material dentro de sua cabeça. 
Este ser é um habitante do mundo de nossa verdadeira origem, o mundo dos Seres eternos, puros, limpos e perfeitos. 

Mas acontece que todos nós sabemos que não somos nem puros nem limpos, nem perfeitos, e sim, impuros, poluídos, imperfeitos e cheios de defeitos, como aí estão os fatos dando o testemunho desta realidade em todo o mundo. 

Como chegamos a ser assim? 
A explicação fundamental para isso é que estamos aqui em um mundo externo ao Mundo dos Eternos. 

E você me pergunta: “Como isso pode ser possível?” 

Então, para responder a esta sua razoável indagação, precisamos nos expressar racionalmente; mas, numa nova linguagem, embora na mesma língua. Com uma diferença fundamental, qual seja: No final da conversa você começa, pela primeira vez depois de milhões de milênios, a conhecer a si mesmo. 

Sim, de forma definitiva, com base e com lógica, você saberá de uma vez por todas qual que é o seu verdadeiro Ser e o que, de tão errado, se deu com ele, para que ele deixasse de ser o que era, e ficasse sendo assim como você agora ai está. 

E agora você me pergunta: “Como eu estou agora, de que maneira? 
Agora aí está você nesta classe de: livre pensador, vago sofredor e mortal.
                                                                                                                                          

E pensar que você foi puro, limpo e perfeito, um habitante do Mundo dos eternos, o MUNDO RACIONAL! …. 

E agora você está diante de si mesmo nesta condição de um Ser Encantado, para si mesmo misterioso, como todo Encantado é. 

Por exemplo: quando você olha-se no espelho, com quem você se depara? 

Com alguém olhando para você, perscrutando a sua pessoa, examinando-a e tentando higienizá-la de sua poluição. 

O que não se fará suficiente. Porque, no dia seguinte ou nas horas seguintes, o mesmo ritual será necessário e irá se repetir para a sua lapidação. 


Assim tem sido sempre com você e com todos e vai permanecer sendo, enquanto você continuar vivendo neste Mundo da matéria, o Mundo Animal. 

E dizer que, você, em sua originalidade, era Racional, e que quando você vivia no Mundo Racional, você desfrutava do seu verdadeiro estado natural de ser. 

O que você tem que saber de uma vez por todas é por que razões e motivos você abdicou do seu estado perfeito de ser, e a si mesmo você se conduziu para um infortúnio, que o levou a este estado atual de ser, incerto, imperfeito e artificial. 

E ao descobrir o porquê, então você se encontra com a sua Individualidade Verdadeira, que foi perdida neste Mundo do Encanto, do sofrimento e do pranto, que é uma soberba Fonte de raciocínios perdidos. 

Saiba que o conhecimento do Ser (que é você) está no raciocínio, dentro de sua cabeça, exatamente no istmo do mesencéfalo, que é a glândula pineal. 


E para que o raciocínio, o representante Racional de sua pessoa, possa levá-lo a conhecer a si mesmo e levá-lo de volta ao mesmo lugar de onde você saiu e de onde você é (o MUNDO RACIONAL), aqui estão disponibilizados em suas mãos, os Livros: «Universo em Desencanto» de Cultura Racional. 

Então, quando você começa a estudar esses livros, você absorve a essência de suas páginas (de Energia Racional) no seu raciocínio. E o raciocínio sai da latência e da inércia e começa despertar desse estado de coma  consciencial. 

E é, justamente aí que, nunca vai acontecer com você o que sempre aconteceu consigo, sempre que você aqui nasceu: você passou pela vida, e não viveu! 


Agora, a sua realidade é outra, positiva e consciente, através de sua mente elucidada: você tem o seu verdadeiro eu ressuscitado, este Habitante do MUNDO RACIONAL, materializado dentro de sua cabeça em forma de máquina do raciocínio. 

Este, depois desmaterializado pela Cultura Racional, toma a verdadeira forma (lembra?) de seu verdadeiro estado natural de ser no Mundo dos Eternos, de um corpo de energia da vida eterna, com o seu progresso de pureza. 

Você entendeu agora por que você é animal racional?                                                      

É porque você está nesta classe de Racional na Terra, que é o Racional que tomou esta forma de animal, da classe de animal de origem RACIONAL. 
Aqui está a razão pela qual o Bem foi a causa do Mal. 

Claro que, agora, você está com pressa de ler livros do Universo em Desencanto, para adquirir todo esse Conhecimento! 


Sim, porque há muito tempo que você está jogando um jogo duro! Mas agora, com certeza você vai vencer! 
Sucesso, saúde e PAZ!