Imagem

O FIM DO MUNDO – nesta abordagem

 

livro-universo-em-desencanto

O FIM DO MUNDO

 1aParte desta abordagem:

As coisas mudam, as épocas mudam, os tempos mudam e todos mudam; até a mudança total que, é a volta de todos para o Mundo Racional. Tudo é Racional. Racional é o ponto básico da vida; e, o é, nesses dois teores:

– um, é o teor Racional puro, limpo e perfeito; e, – o outro, é o teor Racional deformado dentro desta Deformação Racional.

A Deformação Racional é este Galáctico Conjunto constituído dessas Sete Partes nesse estado de uma Deformação Fluídica elétrica e magnética.

Na humanidade, cada Ser Humano tem associado à sua pessoa, esses dois corpos: o corpo de matéria pertencente à matéria; e o Corpo de Energia Racional pertencente ao Mundo Racional.

A causa da vida é a permanência aqui dentro – desta Deformação Racional em transformações – do Corpo de Energia Racional aqui decaído nesta vida de matéria; ligado em duas correntes de Força: a elétrica é do animal Racional; e a magnética é do animal irracional.

O Corpo de Energia Racional de vida eterna, ele é que volta ao Mundo Racional. Ele subindo, a pessoa representada por ele, sobe. Ele ficando, a pessoa fica aqui sendo submetida a transformações em classes de corpos de vida ainda mais inferiores, como irracional. Então, a solução é ligá-lo ao Mundo Racional.

O FIM DO MUNDO

2a Parte desta abordagem:

No século xx, em 1935, a Natureza começou a ser regida por uma Energia Transcendental, a Energia do desenvolvimento do raciocínio e de sua desmaterialização. O raciocínio é uma Energia que todo Ser Humano a tem materializada na Glândula Pineal, a Glândula da Vida.

Essa mudança de Fase e de comportamento natural da Natureza que, está conduzindo-nos para o fim de nós sermos assim (livres pensadores, vagos sofredores e mortais), nós nem pudemos senti-la; devido, nós estarmos vivendo artificialmente. E, se está existindo a falência do pensamento a olhos vistos; é porque, a Fase do Pensamento terminou, já desde de 1935.

A Deformação Racional está se acabando; vai se acabar a fábrica de bichos seminais e de todos os demais; porque os Fluídos dos corpos Racionais deformados, estão subindo para o seu verdadeiro Mundo de origem; estão diminuindo de intensidade e em quantidade; até se acabar, de uma vez por todas, o Fluido da formação microbiana do corpo humano.

E, deixando de haver o Fluido; Fluido este que, é a causa do micróbio seminal; então, deixa de haver o micróbio e, sem a existência deste micróbio fluídico de natureza Racional humana nas sementes; extingui-se a espécie humana; por – o Fluido – ter terminado o seu tempo de função; provando não haver efeito sem causa.

Assim também, muitas raças de animais de outras espécies já foram extintas cada qual em seu tempo; e havendo outras que estão a caminho de sua extinção.  

Nós, por exemplo, somos micróbios feitos pelo fluxo efluído de sete sementes existentes em sete diferentes lugares desta Galáxia Térrea: uma no sol, uma na lua, nas estrelas, na água, na terra, nos animais e nos vegetais.

Essas sete partículas efluentes dessas sete partes em que este Galáctico Mundo se reparte, elas são afluentes do sêmen; aonde reunidas, formam o corpo humano. Fluindo das sementes desses sete Seres, esse fluxo dá vida à humanidade. E, a nossa deformação está patenteada nessas sete partículas de eflúvio seminal que, são nossas sete sementes fluídicas que nos substanciam de vida.

Portanto, a partir desta revelação Racional, passamos a ver essas sete partes que, formam esta Galáxia Térrea ou este Galáctico Mundo, como sendo – elas sete – a Origem do Conjunto da Vida; as sete partes de ‘o porquê nós assim somos’. E de onde foi que veio tudo isto? Foi do Mundo Racional.

O FIM DO MUNDO

3a Parte desta abordagem:

Tudo que existe neste Galáctico Conjunto Fluídico elétrico e magnético; é tudo de origem fluídica elétrica e magnética. E, é do Fluido que, depende a formação de todos os Seres. São os Fluidos que dão forma e vida a todos os Seres existentes aqui na Terra. Fluxos efluentes das sementes dos sete reinos, de onde efluem como afluentes seminais para dar vida e sustentação inconsistente a tudo que aqui existe. Antes que tudo assim estivesse, estava tudo no Mundo Racional de onde partiu para que – aqui – assim ficasse.

Neste Mega Conjunto Mundial, o primeiro corpo de vida que, foi feito, foi o Sol. O Sol recebeu a sua formação a partir das virtudes que, os primeiros Seres Racionais em deformação, vieram perdendo durante o estágio de sua segunda vida. Virtudes são vidas essenciais, são essências vitais e, elas se reunindo, teve origem o Sol. Depois de ter origem, veio passando por transformações.

O que nos fez adentrar por esta terceira vida foi o Sol que – no originar a Força elétrica e magnética – dali então, originou toda esta Deformação que aqui está. Dela, desta terceira vida, ele – o Sol – ficou sendo o Astro-Rei, primeiro e único desta Galáctica Deformação; dela, o Sol é o engenheiro chefe.

E, muito mais tarde, quando o Sol assumiu essa fórmula de fogo; a partir dali então, para que o corpo humano tivesse origem preservando-se na classe de Racional, quem deu origem aos micróbios seminais para a formação do corpo, foi o Fluido que está aqui deformado. Cada qual de nós tem a sua Energia que lhe originou o seu Ser decaído em matéria.

E agora todos esses Corpos de Energia Racional que são a nossa identidade Racional – todos eles, embargados dessa missão mediante uma universal operação resgate consciente e positivo Racional; dando-se a Racionalização dos povos. Todos conhecendo o Mundo de nossa Raça e sabendo como voltar para Ele pela desmaterialização do raciocínio que é essa Energia que a temos materializada na Glândula do istmo do mesencéfalo.

O FIM DO MUNDO

4a Parte desta abordagem:

O Fluido do Corpo de Energia Racional foi que deu origem a cada Ser; ao Ser da pessoa, de cada uma delas que, a Natureza durante milhões de milênios veio preparando para que a Humanidade conheça a Fase da Racionalização dos Povos; porque, nós todos somos de Raça Racional. Cada Ser Humano o é.

Ser este que, nunca conheceu a sua origem e, justamente por isto, não podia nunca conhecer o seu verdadeiro estado de ser natural; que é de Racional puro, limpo e perfeito.

O Fluido é o eflúvio desse corpo de energia que está em fogo, permanecendo deformado neste Conjunto elétrico e magnético. E, cada Ser tem o seu Fluido que o diferencia dos demais decaídos nesta vida material que, é um engodo de ilusões.

É muito diferente do corpo do Ser Humano que, é um corpo de matéria contendo dentro de sua cabeça uma Energia Racional materializada na glândula pineal. Mas, a matéria do corpo da humanidade, ela não podia, por si mesma, produzir a inteligência existente na sua formação de vida degenerada como Animal Racional. Uma inteligência tal que, pudesse um dia retomar a causa que é voltar a ser o Ser de Energia Racional puro, limpo e perfeito que já fomos.

A inteligência reside no Corpo de Energia Racional. Por não conhecer a sua verdadeira origem, o Animal Racional ficava julgando e pensando que a matéria é que fosse a sua verdadeira origem. Achando que o seu papai e a sua mamãe pudessem preencher a condição necessária e suficiente para que, si mesmo, pudesse nascer como um corpo de matéria inteligente.

O Corpo de Energia Racional, cada corpo que se extinguiu sem virtudes e, a sua carcaça ficou servindo de fôrma no chão; foi cada corpo desses que, deu vida a este Segundo Mundo; mas, em observância estrita a uma Planta Racional microbiana, portanto, deformada. Dali interagindo a água, a terra e o Fluido.

O FIM DO MUNDO

5a Parte desta abordagem:

“Ediogroma”, este é o nome, Racionalmente dado, àquela mais primitiva fôrma da qual fomos formados.  “Ediogroma” a fôrma de que foram feitos todos aqueles primeiros exemplares da espécie humana; naqueles períodos que, todos nasciam do chão mediante uma muitíssimo forte interação de três dos sete reinos que formam esta Natureza.

O chão monopolizava a produção dos Racionais; a partir de então, todos bichados; transformados de Racional para animal da Raça de Racional. Dali foi que adveio a nossa hereditariedade de monstróides e de primitivos selvagens. Que, com as transformações e já como Aparelhos de Reprodução de filhos –  irmãos de mesma origem, classe, categoria e espécie, foi que ficamos civilizados. Primeiramente a civilização do alfabeto de astrologia redigido nas palmas das mãos e, mais tarde, após o abandono da Escrita Astrológica veio esta civilização do alfabeto artificial. Dali a vida foi vivida fora da realidade da vida.

Pois, é imprescindível que se observe que, a despeito de ter havido neste Segundo Mundo uma muito grande evolução cultural daqui, das mentes de matéria; ainda assim, nunca pudemos encontrar o desconhecido Ser Racional que deu origem ao animal Racional. Culturalmente, analfabetos funcionais.

E foi por isto que, nem com a ajuda da Ciência coadjuvada pelo Conhecimento científico e filosófico; nem assim, a espécie humana animal Racional, jamais encontrou a razão de sermos animais Racionais. Ninguém nunca se encontrou consigo mesmo; pois, todos ficaram mentalmente incapazes de definir o seu próprio “Eu”.

O FIM DO MUNDO

6a Parte desta abordagem:

Hoje sim, após o advento da Cultura Racional aqui na Terra, foi que passamos a conhecer o verdadeiro Personagem do Encontro de cada Ser Humano com a sua própria Individualidade que desde o princípio da existência Humana neste Segundo Mundo, permanecia perdida nesta soberba Fonte de raciocínios perdidos. Esse Personagem é o raciocínio, essa Energia Racional que trazemos organicamente ligada à matéria deste nosso corpo da classe de animal de origem Racional. É no raciocínio que está o Conhecimento do Ser. No encontrá-lo, encontramos a razão da vida e da vida eterna. Trata-se – essa razão – do Fluido que deu origem à pessoa representada aqui na matéria, pela máquina do raciocínio. Enquanto aqui permanecer, a pessoa – por quem esse Aparelho Fluídico mono reprodutor é correspondido na vida da matéria, ela, será sempre a mesma aqui a nascer e com diferente forma de ser; sempre mais degenerada, poluída e deformada.

Uma vez o Ser Imunizado pelo Mundo Racional, a Energia Imunizante Luminosa Racional – sua Luz Racional – apanha esse Fluido que deu origem ao Ser da pessoa e, o leva resgatado de volta para o Mundo Racional – o nosso verdadeiro Mundo de Origem. E acaba-se este Mundo Perecível de Matéria; pois, na matéria é tudo assim, tudo que tem princípio, tem fim.

Nós nos deformamos em animais Racionais e, por sermos Racionais, voltamos ao nosso Lugar de Origem. Nós somos todos de Raça Racional e, o que é Racional não desvirtua do seu Ser. Lugar de Racional é no Mundo Racional.

O FIM DO MUNDO

7a Parte desta abordagem:

O que vai de volta para o nosso Mundo de origem; que, é o Mundo Racional, é o Corpo de Energia elétrico e magnético que, deu origem a este corpo pineal no istmo do mesencéfalo deste corpo de massa de matéria transformada em uma máquina de matéria humana.

E, o que deu causa à origem dessa massa dos corpos de matéria, foi a Planície do Mundo Racional que sua massa cósmica de vida própria, no vir descendo, ela originou a massa deformada de todos os corpos existentes neste Mundo Deformado. Ou seja, existentes nesta Deformação Racional em transformações.

Daí, o Ser vital da vida ficou ligado organicamente à matéria, vivendo a vida do Ser Racional materializado. Que é a mesma vida do magnetizado que é um Ser Encantado. Quem está magnetizado, não sabe que está magnetizado, não sente, não vê. Vive iludido com coisas passageiras, principiando pela própria vida; vivendo como cegos de olhos abertos magnetizados pelas aparências.

Mas, o magnetismo ele é um Ser aparente; é uma coisa que, quando está ligada, aparece. Desligou desaparece. A vida ligada na matéria, a vida do magnetizado é uma vida do efeito simbólico; a matéria só dá o simbolismo mediante a formação desse tudo aparente que, é o efeito simbólico da deformação. A matéria é só uma condição necessária; mas, não suficiente.

Teve que existir uma causa inteligente que, é o corpo de energia para fazer o corpo; até que o mesmo pudesse retomar a causa que, é o Ser de Energia. A Energia desse corpo é que foi e é a fábrica dos micróbios e vírus seminais para a formação do corpo humano. Hoje é que estamos sabendo que o Ser Verdadeiro Real é o Ser Racional. Precisamos, nós todos, aderir de imediato e decisivamente a todo este saber transcendental, positivo e consciente.

Para nos aprofundarmos neste grandioso Conhecimento, a solução é ler e estudar os Livros: “Universo em Desencanto”, os Livros de Cultura Racional que, traz materializada em seu bojo discursivo, a Energia Imunizante Racional.

Tenhamos todos: saúde e paz e concórdia, pelo desenvolvimento do raciocínio.

Anúncios

O raciocínio – a razão da vida e da vida eterna.

O remédio para a cura do cataclismo de doenças que, caracteriza este Mundo, é a Cultura da banda do alto de todo esse universo, uma cultura consciente e positiva para levar-nos, a todos nós, de volta para cima. Pois, se trata da meta final da humanidade e que, é a meta final do Racional aqui degenerado nesta banda daqui de baixo, com formato de humano.

Essa meta final, é sermos levados, todos nós, de volta para de onde viemos que, foi do mundo racional.  Por a origem ser racional, a razão da vida e de tudo que existe, é que a razão suprema é uma só. O racional é uma vida que, a originalidade dela está no mundo Racional e não, na matéria. A vida se originou no Mundo Racional.

O Racional é a causa do raciocínio. a origem da vida é racional. A origem do raciocínio é Racional. O racional inferior inferiorizado está neste cárcere privado, na matéria, que se trata de uma deformação que teve origem racional. E ficou nesta banda inferior do universo, inferiorizado em degeneração e em transformações.

Assim também os demais Seres da natureza, deste mundo lotado na banda inferior do universo, cada qual em sua classe degenerativa e transformativa.

Mas, antes que fossemos Racionais nesta classe inferior, aqui; éramos Racionais, puros, limpos e perfeitos, em nosso verdadeiro Mundo de Origem.

Para que chegássemos até aqui como estamos, passamos por vinte e uma eternidades.

Sim, porque antes deste mundo assim ser, existiu (e existe) o outro; que é a causa e conseqüência de, esta Deformação, ela ser Racional. O Mundo Racional é o outro Mundo do antes de ser matéria. A vida já existia antes de ser matéria; e a vida era de outra formação. Que se degenerou e deformou-se nas condições que aqui está.

A originalidade da vida, a originalidade do Mundo e a originalidade da matéria; está no que era, antes de ser, tudo, o que é. Está no antes de ser. Éramos Racionais puros, limpos e perfeitos. Então, a matéria onde o Habitante do Mundo Racional está materializado – esse raciocínio – é aquele mesmo do antes do assim Ser; de quando não existia matéria. Mas, aquele mesmo que era, o estado de ser era outro: de racional, puro, limpo e perfeito. Aquelas condições, absolutamente, não eram estas.

O Mundo da verdadeira origem de toda a humanidade – o Mundo Racional – ele é que é a causa da originalidade da vida; porque ele é a origem da causa do raciocínio. A causa do raciocínio é Racional. Tudo e todos desta metade inferior do Universo são do Mundo Racional. Principalmente o raciocínio que é a razão e o ponto básico da vida eterna,

Para que encontrássemos a causa da originalidade da vida, só depois que encontrássemos a causa da vida; d’antes, não. Então, primeiro: a causa da vida. E, só depois, a causa da originalidade da vida. A origem da vida, primeiro. A originalidade da vida, depois. Pois, o Mundo Racional é a origem da causa do raciocínio.

 E, por a fase natural da natureza ser racional, é que quando – o raciocínio – ligado estiver à natureza, então, a própria natureza desenvolverá o raciocínio sediado no istmo do mesencéfalo, dentro da cabeça do animal da origem de Racional.

De forma que, a humanidade conhecendo o que é Cultura Racional estará sendo preparada para ficar ligada à nossa verdadeira origem que, é Racional.

Fica aqui a nossa recomendação para que você leia os Livros de Cultura Racional: “Universo em Desencanto”, tomando conhecimento completo da Planta de tudo que existe neste Mundo de Matéria para saber como agir nesta vida sob orientação de nosso verdadeiro Mundo de Origem.

Tenhamos todos: saúde e paz, pelo desenvolvimento do raciocínio.

O PONTO BÁSICO DA VIDA

 

Iniciemos mais uma longa conversa em atenção a uma pessoa, talvez seja a sua.

Hoje, com o advento da Cultura Racional, por meio desse Conhecimento Transcendental escriturado nos Livros “Universo em Desencanto”, os Livros de Cultura Racional, foi que ficamos sabendo qual que é – de cada vida – o seu ponto básico.

Talvez possamos assim resumir: procurávamos vida após vida provisoriamente aqui vivida  por todos e, por cada qualprocurávamos a vida toda e, nada de encontrar o ponto básico da vida.

Não tínhamos a Bússola que norteia o caminho pelo qual se vai ao encontro de – cada qual – consigo mesmo.  Hoje, temos essa Bússola singular. Ela é uma só, é Racional. A Bússola do Mundo, do corpo e da vida. A orientação Racional.

Hoje, foi que ficamos sabendo que a morte – por fazer parte da vida – foram os primeiros passos para que cheguemos ao nosso verdadeiro natural estado de ser.  Então, uma das regras naturais, da Natureza, é a morte de quem vive fora do seu verdadeiro Mundo de origem.

A morte, da qual muitos têm pavor, é uma coisa precisa criada pela própria Natureza; para que a nossa evolução não ficasse estagnada nos tempos da rudez, do atraso, da brutalidade e da ferocidade.

Mas, coisa alguma pode sobrepor-se aos direitos naturais da Natureza. A Natureza com suas transformações, renovações e mudanças, para que tudo voltasse – com o tempo – ao mesmo lugar de que saíram. Mas não, sem que houvesse antes o desenvolvimento para a compreensão e o entendimento de todo esse movimento natural da Natureza.

De forma que, este é o certo; e, fora do certo, coisa alguma é admissível. Querendo se conduzir por fora do certo; há o inevitável ajuste de contas.

E, é por isto que – a vida – é um rosário de contas. Rosário este, encantado; porque, nunca existiu em Fases anteriores a esta, um só Conhecimento, todo ele escriturado pela Energia Imunizante Racional; como está hoje esse, aí grafado, nos numerosos volumes do Livro: “Universo em Desencanto”, de Cultura Racional. Pela sua leitura, cada vivente vai ficando munido da instrução e do Conhecimento que lhe faz ser um abastado de tudo. É seu Tesouro maior.

Utilidade é a qualidade que as coisas têm para satisfazer necessidades. Há necessidades de todo quilate. Há aparentes necessidades, de fato, desnecessárias. E há necessidades inadiáveis. Cultura Racional

No plano psicossociocultural, o mais importante da vida de hoje, é o passar a se conhecer. É ter o tirocínio verdadeiro do Ser que si mesmo é; é o ponto culminante do rosário da vida. Sem o qual você jaz.

E, você estando jacente, você permanece em abandono, por falta de quem legitimamente lhe assuma posse. Você se mantém uma vida transformada do seu verdadeiro Ser; e que, aí mesmo em você, ele se mantém subjacente. E é por isto que, cada Ser Humano tem associado a si esses dois corpos: o corpo de matéria (simbolismo pertencente à matéria) e o corpo de energia (o Ser que é – de você – sua identidade Racional) pertencente ao Mundo Racional.

Ler diariamente, a cada volume desse Livro de Cultura Racional – consecutivamente – é o quanto basta para adquirir, integralmente, com o tempo, uma natureza cultural consciente e positiva; aquela do seu estado natural adquirido pela Imunização Racional.

O que é a sua Imunização Racional?

É você ficar imune à Energia desta Base do Ser Irracional; é você ficar imune à Energia elétrica e magnética que, é a Energia do animal irracional. E o animal de origem Racional, a sua verdadeira Energia é a Energia Racional. E o lugar de Racional é onde: no Mundo Racional.

Racional ainda que, deformado? Sim; mas, já imune aos males do corpo e aos males da vida; pois, da Imunização Racional, é de onde emana tudo que cada vivente precisa. Da constância na leitura; é de onde sai a Libertação dos Encantados; pois, nela, não existe a arma do bem e do mal também; nela, só existe a arma construtiva do Bem eterno; nela: a Genetriz da Vida e a Hegemonia da Vida.

A Genetriz da Vida? A Genetriz é a matriz da gênese do Universo e das vidas do Universo. E o que é: a Hegemonia da Vida? É cada vida no seu Mundo.

Essa junção de três Energias: elétrica; e magnética; e Racional; as três forças fortemente interadas; é o que te dá, numa só constituição, essa dualidade: animal Racional.   Todos nós – assim também você -somos formados pela transformação dessas três Energias. Três Energias, as três Forças regentes de todo esse Galáctico Mundo Deformado com suas Sete Partes, assim transformadas neste teu Ser com o formato de humano.

Dois Mundos unidos em um só? Sim, era preciso e necessário fazer ver ao Mundo que, não existem duas verdades; que, a verdade é uma só. A verdade é Racional. E, justamente agora, foi tomada a Divina Providência pelo Supremo Mundo, o Mundo Racional, de unir os dois Mundos: o Mundo Precedente a este, de onde este nosso Mundo foi conseguido mediante a aventura de uma parcela menor dos seus Habitantes (os que de lá saíram por conta própria); e, este 2º Mundo que, é uma conseqüência daquele, de onde saímos e viemos dar vida a este.

E, por paradoxal que pareça, esta união Racional dos dois Mundos, ela foi feita tendo por precípua finalidade: separar o que é de cada Mundo, dividir o que é dos dois Mundos. Daí advém a Hegemonia da Vida: cada vida no seu Mundo; que é o “Universo em Desencanto”; a ligação de toda Humanidade ao nosso verdadeiro Mundo de origem – o Mundo Racional. O que é de baixo, permanece aqui embaixo; o que é de cima, sobe de volta.

O objetivo maior da Cultura Racional é este; providenciar, em escala universal, o Desencanto.  

O que quer dizer “Desencanto”? Cada Ser no seu canto. Cada Ser no seu lugar. O corpo de matéria no seu lugar – o Mundo de Matéria; e o corpo de Energia no seu verdadeiro lugar – o Mundo Racional.

E por que é que, assim de repente, tudo isto está sendo dito a você?

É que houve a falência do pensamento; devido a Fase do pensamento ter terminado no século passado, desde o ano de 1935 para cá. E tudo que o pensamento fez está a caminho da falência. Esta tua classe de Ser feito de matéria é um dos feitos do pensamento.   Pensou, está descendo para a categoria de animal irracional. Este Mundo, é por isto que, está tão convulsivo. Com o pensamento ninguém resolve mais nada. Como livres-pensdores, nossos dias são contados; pois perdemos o direito de viver pensando, de ser viventes pensantes.

Tem observado com atenção, como que o este Mundo está?

Mas, tem solução sim: definida e definitiva.

O ponto básico da vida, onde está?

O raciocínio é uma Energia que todo Ser Humano a tem materializada dentro de sua cabeça, no istmo do mesencéfalo que é onde está a glândula pineal ou epífise.

É preciso desenvolver o raciocínio – o ponto básico da vida – enquanto há tempo. Lendo os Livros de Cultura Racional, desenvolve-se o raciocínio. E se for desenvolvido o raciocínio, a pessoa fica ligada à Energia Racional. E, por meio da Energia Racional, é feita a ligação do Ser Humano ao Mundo Racional.

Daí, a pessoa começa somente a raciocinar. Raciocinando, vai voltar para o seu verdadeiro Mundo de origem o Mundo Racional, guiada, orientada e amparada pela Natureza que está sendo comandada pela Energia Racional. Então, por meio desse processo evolutivo Racional, a pessoa terá desmaterializada a Energia da glândula da vida. E depois de desmaterializada pela Cultura Racional, é que estará pronta para voltar ao seu verdadeiro Mundo de Origem – o Mundo Racional, de onde viemos.

Saiba mais sobre a solução real da vida lendo os Livros: “Universo em Desencanto”, de Cultura Racional.

Tenhamos todos: saúde e paz, pelo desenvolvimento do raciocínio.