Imagem

A CAUSA DE NÓS SERMOS ANIMAIS RACIONAIS

 

 

A CAUSA DE SERMOS ANIMAIS QUE

A ORIGEM É RACIONAL

 

1ª Parte

Quem quiser, de fato, isto saber; para saber transmitir aos demais, o que leu a esse respeito no Livro que descreve o Conhecimento da origem do Ser Humano – o Livro “Universo em Desencanto”; então, tem que ler para sentir e reler os volumes desse Livro, para encontrar o sentido do desenvolvimento feito, em si mesmo, pela Energia Racional.

 

Lendo e relendo; então, nasce, cresce e se desenvolve, na pessoa, a convicção de que o raciocínio, a vidência Racional e, o Aparelho vão sendo desenvolvidos; até que, a pessoa venha a se tornar um Aparelho Humano Racional; pois, ligado à Energia Racional, veio sendo desenvolvido por essa Energia materializada em forma de textos; que, é uma Energia pura, limpa e perfeita, do Mundo Racional.

 

Lendo e relendo esse Livro de Cultura Racional, a pessoa passa a se conhecer e fica sabendo quem somos; sabendo o porquê que assim somos; sabendo de onde viemos e sabendo para onde vamos.

 

Sabendo que vamos para de onde viemos. Viemos de onde? Viemos de onde somos. E viemos parar aqui neste Mundo, de onde não somos; porque, este é o Segundo Mundo que, teve a sua existência conseguida através de seus próprios Habitantes.

 

2ª Parte 

Esses mencionados “próprios Habitantes” que, deram conseqüência à existência deste Segundo Mundo; isto dito assim é preciso agora distingui-los, deixando claro tratar-se de duas categorias de corpos: 1- o corpo da parte subdesenvolvida da Planície existente no outro Mundo – o Mundo Racional; e 2- os corpos Racionais que adentraram pelo campo de vida, ou pelo corpo da Planície em sua parte subdesenvolvida e, ali se propuseram a progredir por conta própria.

 

Dali por diante, deu-se o afastamento daquela parte que, não suportando o progresso nela levado a efeito pelos Seres Racionais, ela desmembrou-se do Mundo Racional e, em seu translado, ela de lá se desligou; e, os Racionais vieram progredindo em cima dela.

 

 

Houve a deformação da parte da Planície e também houve a deformação dos corpos Racionais. Que, veio tudo perdendo virtudes. Da deformação das virtudes, decorreu a formação das sete Partes que compõem este Galáctico Mundo, no qual ficamos todos em trevas e sendo cozidos como matérias em combustão fluídica.

 

O corpo humano ficou sendo um tudo aparente e tendo essa formação a partir do fluido que deu origem a este corpo. O Fluido ou o corpo energético, ou o corpo em energia de vida eterna, sendo sempre a mesma fábrica dos sucessivos corpos em matéria da mesma pessoa em estado de animal.

 

Mas, frisando sempre que, a vida eterna não é o corpo de matéria podre; e sim, é o corpo de Energia Racional; ele é que é a vida eterna Racional da pessoa que, sempre permaneceu aqui dentro da deformação, tendo uma sua partícula em cada uma das Sete Partes que compõem este Galáctico Conjunto Fluídico.

 

Então esse Corpo de Energia, por ele ser o fabricante da população microvivente seminal, por ele ser a espiral criadora dessa população microvivente em estado de Energia viral Racional. Enquanto ele aqui continuasse, a pessoa tornaria aqui a nascer materializada em forma de máquina do raciocínio, como glândula pineal dentro da cabeça do animal de Raça Racional; ou, em classe inferior num corpo irracional que não tem raciocínio.

 

 

O raciocínio, por ele ter sido o iniciador desta vida; então, ele é que, é a parte consciente da vida. E, é no raciocínio que está o Conhecimento do Ser.

 

O Ser é Energia; Energia esta, deformada; que se tornou o Ser de cada Ente que, se trata de um espécimen corporal da espécie humana da classe do Animal que, a origem é Racional. O Ente é a mesma Energia transformada num espécimen da espécie de corpos de uma classe só.  Para ver que o Ser é Energia que está deformada e degenerada do que era, transformada em uma infinidade de formações. Que o antes de ser, era tudo Energia.

 

Energia é um Ser poderoso. Tem força que, por si mesma se desenvolve. É força de geração, força de criação, força de desenvolvimento e de crescimento e de produção e também de desaparecimento; por se transformar em outro Ser da mesma classe, da mesma espécie ou em classe inferior, por ter chegado a Fase Racional.

  

3ª Parte

 

De forma que, o texto da Cultura Racional corporiza ou corporifica o Fluido Racional, atribuindo-lhe corpo, tratando-o assim, de uma forma distinta, no chamar a efluência de suas partículas de: “corpo fluídico Racional”; ao dizer que: “…o Fluido é um corpo de um vivente, de vida eterna, diferente do corpo material,…”.

 

A pessoa estava ligada a esse Conjunto, por ser formada por esse Conjunto elétrico e magnético que, é a composição natural desta Natureza de vida fluídica. O corpo de Energia é o mesmo corpo fluídico Racional permanecendo aqui dentro desta deformação Racional em transformações e levando o Ser de sua correspondência, a ser sempre o mesmo aqui a nascer, agregado a um Ente corpóreo desta parte infernal do Conjunto Fluídico Elétrico e Magnético.

 

E agora, nesta Fase Racional da Natureza, acaba a missão desse Corpo de Energia de vida eterna Racional, por ele ter suas sete partículas retiradas de todo este Galáctico Conjunto que formou a pessoa a ele correspondente.

 

O Mundo Racional é a causa do Corpo de Energia Racional, ou do Corpo Fluídico Racional. E o Corpo de Energia Racional, ele sempre foi, dentro desta Deformação, a causa da formação do micróbio seminal Racional, neste corpúsculo ovular assemelhado a um pingo d’água. Essa população visível e invisível, microvivente seminal Racional, habitante do sêmen é a população operária que dá formação aos aparelhos ou máquinas de matéria Racional e irracional; por tudo ser de origem Racional; e, cada qual em suas classes. Uma infinidade de classes.

 

A Natureza não é estagnada; nela tudo muda com as transformações; as épocas mudam, as Fases mudam e todos mudam; até a mudança total que, é a volta de todos para o Mundo Racional.

 

É uma Energia que, por ser deformada, gera noite e dia; é uma Energia que funciona noite e dia, não pára, por ser deformada. Essa Energia deformada em transformações, com as mudanças de Fases vindouras e as eternidades, estarão chegadas às extinções de todas as classes: de animal, vegetal e mineral. Tudo na matéria tem princípio e tem fim.

 

É como esse corpo da gente, ele chegará ao fim se transformando em outra vida. E por agora ser a Fase do fim de nós sermos assim; chegará um dia em que – ou subimos para o nosso verdadeiro Mundo de Origem como Corpos de Energia de Vida Eterna; ou descemos para classes de corpos de vida ainda mais inferiores, irracionais. O dia é hoje.

 

Tudo isto justificado, por a classe do animal de origem Racional ser uma classe em extinção. A Natureza vetou o direito de vivermos sob o domínio da inconsciência. Todos com medo do mal; e, por não ter recursos, sendo destruídos pelo mal.

Recorra ao Poder da Origem que você consegue debelar todo o mal de si mesmo lendo os Livros de Cultura Racional.

 

Tenhamos todos: saúde, paz e concórdia, pelo desenvolvimento do raciocínio.

 

Anúncios
Imagem

Goste de si mesmo; não viva mais a esmo.

GOSTE DE SI MESMO, NÃO VIVA MAIS A ESMO 

Esse Ente – até então desconhecido – que,  já vem envolvido no organismo da formação de matéria corpórea dessa classe aqui existente do animal Racional, é o raciocínio. Que se trata de um Habitante do Mundo Racional materializado dessa forma, em forma de máquina do raciocínio.

E Quem tem raciocínio é filho do Verdadeiro Deus.

O corpo de Energia Racional por ter ficado desprovido de todas as suas virtudes perdidas, essa energia uniu-se à terra e à água. E dali, houve a transformação: de Racional para animal Racional. E, pela interação da água, da terra e do fluido formador da população microbiana, foi fecundada uma maquina Racional com toda a população microvivente seminal obedecendo a uma Planta Racional do corpo (ou máquina orgânica).

De forma que, o Aparelho Humano Racional vai ser formado – depois de todo lapidado e depois que, a parte motora for isolada da parte elétrica e magnética – será formado por outra formação orgânica de matéria; livre de toda a ação deformativa animal.

Pois, a partir do ano  de 1935 para cá – que, o fator de regência natural da vida está sendo a Fase Racional. A Fase que, a sua primeira parte, é esta Fase de Aparelho Humano Racional, a Fase do desenvolvimento do raciocínio.

Sendo essa, a parte que estava paralisada e que, é o elo referencial da cabeça; o referencial da ligação exata e perfeita do relógio; e que, uma vez funcionando, cessam as outras partes astro-magnéticas. E, em um momento, a estrofe cosmológica rui todo o extrato magnético que envolve o Aparelho, que estava envolvido no embrião, envolvido por densa camada na Essência Racional da matéria.

Posto que, para desenvolver o raciocínio somente a Energia Racional; porque, o raciocínio é de origem Racional.

Prevalece assim, o que o Livro “Universo em Desencanto” denomina: “o extrato ínfimo que é a Essência extrínseca Racional”; e, nesta Essência que, é o âmago do vínculo Racional, prevalece nela a parte mais sublime do conteúdo material.

A Essência é o sumo, é o extrato da mistura da pureza, o desabrochar do raciocínio é o condimento natural de uma pureza extraída de um mal da vida existente na própria vida.

E daí, sendo revelado o, até então desconhecido, Ser Racional, o representante da pessoa que, deu origem ao animal Racional – a razão de sermos animais Racionais. Então, mesmo com vida própria na matéria, este Ser vital da vida com a sua Essência de vibração Racional; por, nela estar a vida Racional; é que se dá a composição melhor da vida, o equilíbrio de Razão Suprema, o equilíbrio perfeito. É esta Essência que é o corpo do Aparelho Racional.

Situada no istmo do mesencéfalo, que, é onde estava o Racional materializado nesta classe do Racional que tomou forma de animal; este evento se deu, quando ainda era a primeira Fase do início da formação deste Mundo – uma Fase Cósmica; e, dali surgiu a origem da humanidade.

O Ser vital da vida, a última virtude dele que se extinguiu, foi ela que formou o raciocínio. E, por ter ficado incubado na matéria, no se degenerar, ficou ligada à energia magnética, depois de sua extinção corpórea Racional em cima do início dessa transformação Racional. Dali, a vida ficou agregada ao mal da vida.

Dali por diante, o raciocínio ficou tolhido de funcionar; porque, ficou preso ao embrião magnético; e, uma vez embrionado pelo magnético; então, passou a haver a necessidade de desenvolver esta Energia, para que ela – Racionalmente elucidada – possa se desagregar da incubação da matéria. 

Foi uma muitíssimo longa espera, por milhões de milênios, até que a sua pessoa, cada pessoa, pudesse se deparar com esta oportunidade singular de vir a ser desligada da energia elétrica e magnética que; é a energia animal e, de ser ligada a pessoa na Energia do seu verdadeiro estado de ser natural que é a Energia Racional. Sendo este, o objetivo do Conhecimento de Cultura Racional

O objetivo do Conhecimento Racional é ligar toda a Humanidade ao nosso verdadeiro Mundo de origem, o Mundo Racional.

E, então, o raciocínio vai se tornando desmagnetizado, crescentemente mais desenvolvido, elucidado pela energia Imunizante Racional em seu sítio mental foto luminescente, iluminado de Energia Racional, provido da consciência Racional.

Somente hoje, nos é dado reportar a existência desse Personagem pleno dos qualificativos próprios de um real virtuose. O raciocínio é um Corpo de Energia Racional que, quando se extinguiu; então, se materializou na forma de animal Racional. Nele, é onde reside o Conhecimento do Ser; porque ele – o raciocínio – é que é a nossa verdadeira originalidade de ser.

Importante salientar que, como acentua o texto do próprio Livro de Cultura Racional, não é assim, logo na primeira leitura que, a gente vai conhecer o que é Cultura Racional; a não ser vagamente. Lendo e relendo, assiduamente, vamos ficar completos do verdadeiro natural.

É preciso certo tempo, para o desenvolvimento do raciocínio e da vidência Racional, depois do seu amadurecimento.

E isto se faz, mediante o ler e reler continuamente, passando assim, cada vez mais a se conhecer. O que é gravado no raciocínio, grava no sentimento e a gente não esquece; o esquecimento está no que é registrado no pensamento. O pensamento o vento leva, cai no esquecimento. E quem esquece nada sabe do que aprendeu. Mesmo porque, a missão do pensamento é só a de nos lapidar.

O ponto verdadeiro básico da vida. A linha verdadeira, a linha Racional – a função do raciocínio é o ponto mais elevado universal. O consciente Racional. O raciocínio é a parte integrante da vida que é – dela e nela – o ponto básico da vida eterna, existente na própria vida, organicamente ligado a ela; e não, fora dela. Fora dela quer dizer: no pensamento e na imaginação.  

   

No ler e reler Cultura Racional, ficamos ligados à pureza que, é uma substância do Mundo Racional. Mas, todo iniciante chega a essa leitura ainda muito carregado do magnético e elétrico; chega ainda debaixo de muita lapidação. Para livrar-se dessas amarras, requer obediência e persistência para vencer os males do corpo e da vida.

O iniciante não tem conscientização nenhuma do que é Cultura Racional; não sabe distinguir o que é Encanto do que é Desencanto. Não sabe dizer o que era o raciocínio no corpo de Energia Racional; não sabe dizer o porquê de ter se transformado, o raciocínio, do que era para este órgão de matéria – a pineal ou epífise.

E se não pegar firme na leitura dos Livros de Cultura Racional – “Universo em Desencanto”; então, está por conta do desequilíbrio, como sempre esteve.

O animal Racional nunca conheceu a sua origem, em tempo algum de toda a existência em cima desta Terra. Não teve condição alguma de saber que o raciocínio é a identidade do Mundo Racional que, identifica a todos como:  Seres de origem Racional.

Hoje, após o advento do Conhecimento de Cultura Racional aqui na Terra, foi que ficamos conhecendo a verdadeira causa de nossa deformação. Nesta Deformação não existe nada de verdade, principiando pela própria vida que, não é verdadeira.

Ficamos sabendo que – nessas sete partículas de que somos feitos – é nelas que, está o fator da nossa deformação; pois, somos formados por sete partículas e, é por isto que, dependemos delas sete para podermos viver. Daí, a nossa natureza humana ser adequada à Natureza que nos fez para sermos, até aqui, ferramentas do pensamento; e doravante estamos passando a ser seus filhos conscientes e representantes.

Tenho pra mim que, você que ainda não iniciou a leitura do Livro Universo em Desencanto, está em falta consigo mesmo. Vamos lá, a hora é esta.

Tenhamos todos: saúde e paz, pelo desenvolvimento do raciocínio.

Imagem

É hora de Saber Quem Somos

É hora de Saber Quem Somos

1ª Parte

A volta de todos ao lugar de origem, isto vai se dar – com cada pessoa – uma vez a pessoa imunizada. A Imunização apanha o corpo de Energia Racional e o leva para o lugar de origem.

Nesta Fase Racional da Natureza, a permanência da pessoa em estado deformado nesta Galáctica Deformação que, teve origem Racional; se deve à permanência do corpo fluídico elétrico e magnético deformado nesta Deformação.

Na Fase de animal Racional que terminou, as pessoas morriam e nasciam aqui neste Mundo de matéria, morriam e nasciam – a partir da 1ª vez – um número incontável de vezes; porque, o Fluido era a semente deste feito chamado “corpo humano”; o corpo em matéria fluídica elétrica e magnética.

Isto se dava – o ter que, nascer sofrer e morrer – porque, não conhecíamos o nosso verdadeiro Mundo de Origem, o Mundo Racional.

O ter que nascer, sofrer e morrer era por isto. Pois, só tínhamos consciência da própria existência ( clichês do tipo: penso, logo existo); pois, sabíamos que aqui estávamos e que, de alguma forma, viemos parar aqui na matéria, como Seres feitos de uma goma apodrecida; no dizer do Conhecimento cultural Racional: “Seres ingliomáticos, eróticos, exóticos”.

Nada sabíamos da existência de Fases pregressas; hoje, sem qualquer vestígio arqueológico. Fases aquelas, relatadas hoje, todas elas, na Cultura Racional; levando-nos com base e com lógica, à descoberta de dois Mundos: este Mundo elétrico e magnético que, foi conseguido de outro Mundo – o Mundo Racional; superior a este e que, através de uma parcela menor daquela sua população veio dar conseqüência a este. Parcela populacional menor sim; mas, muita e muita gente.

Havia no Mundo Racional uma região subdesenvolvida daquele Éden Racional; uma parte daquela Planície de massa cósmica de Energia pura, limpa e perfeita que, no dizer dos Livros de Cultura Racional: “não estava pronta para entrar em progresso”.

Foi aonde adentramos várias vezes; até que numa das vezes, começamos a progredir em cima dela, e até hoje viemos progredindo por conta própria. Houve a deformação da Planície que veio descendo se distanciando e ficando desligada de todo do Mundo Racional e houve a deformação dos corpos dos Racionais implicados naquele progresso. As nossas virtudes vieram sendo perdidas e também as virtudes da Planície e dando formação às Sete Partes que compõem este Galáctico Conjunto Mundial elétrico e magnético.

Hoje, a formação do corpo humano é feita pela junção seminal efluvial proveniente das partículas das virtudes, do extinto corpo de Energia Racional,  ligadas como sementes fluídicas nas Sete Partes componentes de toda a Galáxia Térrea. Cada Ser tem um Fluido desses, só seu. A formação do Ser Humano é microbiana; porque foi o Fluido que lhe deu essa origem de energia agregada à incubação da matéria.

  

2ª Parte 

Mas, é fundamental que seja dito, que somos formados por três energias: a energia elétrica e magnética, a energia do pensamento; e a Energia Racional, a Energia do raciocínio. O raciocínio representa a pessoa. E o raciocínio para que ele existisse organicamente ligado ao corpo humano – no istmo do mesencéfalo – foi preciso que o Corpo de Energia Racional permanecesse fora do Mundo natural dele, neste mundo de sofrimento, acompanhando a evolução da matéria; e ficou sendo, o raciocínio, o Dono da vida.

Virtude é vida de origem Racional; é Essência vital que, durante a nossa segunda vida nós viemos perdendo. E, a última Virtude de cada Corpo de Energia Racional que se extinguiu em cima daquela formação inicial que a matéria tinha, foi o que formou o raciocínio corporizado de matéria, em forma de máquina do raciocínio. Sendo esta, a nossa terceira vida: de sofredores e mortais.

E o corpo, a parte da matéria, o Ente corpóreo material, o espécimen com o feitio de humano, da espécie humana – essa é a parte animal. Havendo nessa parte, contudo, a existência  do raciocínio; que, é a parte Racional incorporada na matéria, a parte Racional existente no corpo material. Aí está a sua pessoa, envolvida na matéria e, porque o Ser Humano é de origem Racional.

Então, o Corpo de Energia Racional, por ele ser a causa do raciocínio; ele é que, é o causador da pessoa envolvida na matéria.

3ª Parte

E hoje sabemos que a permanência do corpo fluídico Racional deformado vai se acabar com a sua retirada de dentro deste Conjunto elétrico e magnético onde a pessoa é microbianamente configurada como um corpo fluídico elétrico e magnético. E, por isto, é magnetismo. E o magnetismo – o Ser material – tem a sua duração de acordo com a sua formação poluída. Gera, nasce, aparece,  cresce, refloresce e desaparece; porque, todo Ser magnético transforma-se naquilo que deu a sua causa, sua origem.

Acabou a missão do Corpo de Energia Racional, cessou a função dele na Fase Racional; e doravante, os vírus da formação da matéria ficam todos por conta dessas duas Energias desta Base do Ser irracional: magnética e elétrica.

O irracional não tem raciocínio; e então, por haver a extinção do raciocínio – representante da pessoa – a pessoa mantém a sua Personalidade Verdadeira neste Mundo de sofrimento; devido, ao total desajuste da Individualidade que, permanece perdida no Encanto.

O raciocínio chegou ao fim da sua missão de estabelecer a ligação entre o motor de uma psicomáquina e os órgãos que ele deve por em movimento; acabou o tempo de ficar embreado, agregado à incubação da matéria; uma vez que, se trata de uma energia que, por se degenerar, ficou ligada à energia elétrica e magnética que, é outra energia (duas outras) transformada em matéria.

Mas, a fórma do corpo humano primordial – derivou de uma fôrma que jazia no chão, denominada: o ediogroma – era monstróide. Já éramos Racionais deformados; mas, naquela Natureza de então, não existia este sol de hoje e sim, havia um foco de luz primitivo que, com a sua luz diuturna, ele alimentava todos os corpos mediante o eflúvio das essências da evaporação de toda aquela ambiência natural em deformação.

Quando a espécie humana começou a nascer do chão, seus espécimens iniciaram sendo uns monstrinhos, depois monstrengos, depois monstros, depois monstrondontes e depois monstrões; depois foi que passaram a selvagens monstros e, por último, selvagens menos monstros; e dali por diante, os vírus seminais nativos das selvas primitivas prevaleceram na formação do corpo humano; mas já, com a hereditariedade das Fases de monstros. Cada Fase daquelas, parecia ser pra sempre; que seria aquilo pra toda eternidade. Não havia este pensamento elétrico e magnético que, hoje comanda as nossas ações. Hoje, também parece que o pensamento será eterno.

Está tudo revelado em minúcias de detalhes nos numerosos volumes do Livro: “Universo em Desencanto”; de Cultura Racional.

4ª Parte

O Ser Humano é de origem Racional e tinha que – um dia – conhecer a sua verdadeira origem. Ninguém sabia que, no principio da formação do Ser Humano, não éramos assim, desta forma que hoje somos; pois, no princípio da formação do corpo, naquelas eras iniciais quando os nossos ancestrais começaram a nascer do chão, eram muito diferentes do que somos.

Aqueles Entes, nossos primogênitos, não tiveram primogenitores de mesma matéria semelhantes a si; ainda não havia matéria pronta; porque, foi o início desta deformação; não teve pai algum, semelhante ao primogênito. Pois, todos os vírus seminais, os primitivos vírus da formação dos órgãos, eles eram feitos pela Energia Racional; tudo era diferente demais do que, é hoje. Pois hoje, já é depois de toda a deformação ter ficado completa.

Este Mundo era uma pangéia continental, sem vegetais nem animais irracionais, nem lua, nem estrelas; e, nem mesmo este sol de hoje existia. O animal Racional, este sim, já existia nascido do chão e não, como existe hoje. Portanto, o organismo daqueles primogênitos ascendentes nossos, tinha que ser adequado à Natureza que os fez. Era outra espécie de matéria cósmica que, não apodrecia; embora fossem Racionais deformados. O Ser Humano não se postava em pé; e sim, se arrastando e depois gatinhando e depois curvados.

Naquela altura ainda, nada ingeriam pela boca. E, toda a alimentação que os supria advinha do vapor da quentura ambiental produzida pelo foco de luz. Não havia chuva, nem vento, nem vegetações florestais; embora já houvesse uma vastidão de águas.

Você – a esta altura do até aqui exposto – pode estar se perguntando: “E qual que é a serventia de tudo isto que estou lendo?”

Você está lendo uma divulgação – dentre uma infinidade delas hoje existentes – de Cultura Racional. Felizmente, já há muita gente alertando a humanidade para a descoberta do maior Tesouro da Humanidade de todos os tempos; qual seja:                                                                            “o Conhecimento de como se dá a ligação da Humanidade ao nosso verdadeiro Mundo de Origem – o Mundo Racional; pois estamos no fim de nós sermos assim: Seres pensantes, livres pensadores, sofredores e mortais.” 

5ª Parte

A Fase do Pensamento terminou no ano de 1935 e, entrou a Fase do desenvolvimento do raciocínio; mas a humanidade por estar vivendo artificialmente, nem se deu conta disto. Nem desconfia que o Ser Humano pensador já até perdeu o direito de viver como Ser pensante.

E a humanidade continua achando que, o pensamento tenha sido feito para acertar;  mesmo sabendo que, há milhões de milênios que todos pensam. E que, logicamente, se o pensamento fosse feito para acertar; então, não haveria essa infinidade de desacertos na vida dos pensadores. Nem dão por contas de que impera neste Mundo todo pensado, esses três desequilíbrios, essas três falências e essas três liquidações de toda essa massa falida: – “física, moral e financeira”.

 Mesmo hoje, a humanidade ainda julga e pensa que o pensamento vai ser eterno. Como coisa que o pensamento fosse feito para acertar. Está visto, aí pelo Mundo todo, o quanto há de desacertos na vida dos pensadores humanos: a violência e as artes produzindo desastres.

As pessoas, embora querendo acertar, elas viviam sob o domínio da inconsciência; pois, viviam de experiências e sempre na dúvida de tudo. É o que assevera o Conhecimento de Cultura Racional: “Todos sempre em busca do certo, para poderem acertar e, o certo, sempre por encontrar”.

O que todas as  pessoas não sabiam (e muitíssimos ainda não sabem) é que, se estão aqui; foi e é porque, a cada pessoa está associado um Corpo de Energia, o seu aparelho fluídico de Reprodução.  É isto, as pessoas não são daqui; mas, se aqui neste Mundo estão; é porque, os Corpos de Energia, (os corpos energéticos, ou corpos fluídicos), é que são as fábricas dos micróbios.

Agora, é claro que você quer saber: “Mas, por que é que viemos parar aqui e de onde foi que saímos e para cá viemos?”

Só pra resumir: Foi por nossa livre e espontânea vontade. Quer ir mais a fundo, leia os Livros de Cultura Racional.

E, enquanto cada corpo de energia desses aqui estiver sempre fabricando o seu espécimen microbiano seminal, sempre os mesmos micróbios; então, também sempre a mesma respectiva pessoa, por quem – esse  fluido – é correspondido na vida matéria, ela seguirá sendo sempre a mesma aqui a nascer e a permanecer nesse: morre e nasce, morre e nasce, morre e nasce.

6ª Parte

Para ver que a vida é contínua; ela não é monótona; não é parada.

Findando-se um corpo e se transformando em outro, por não perder o vínculo de sua origem. Vínculo este que, é o vírus Racional.

A vida é contínua. São três Energias da formação dos Três Poderes reunidas em estado degenerado num corpo de matéria.

O sêmen se transforma em vírus e micróbios seminais. Esses vírus e micróbios, são eles  que, se transformam em corpo vivente que, depois nasce e se transforma em adulto. Esse adulto, com algum tempo, morre; e, se transforma numa bicheira. Que, se transforma em outros vírus; que, se transformam em outros Seres. Que, se transforma em outros corpos viventes e estes, em outras vidas e, estas, se transformam – depois de chegarem no seu fim – em mais outros Seres da Natureza.

E, todas essas transformações; cada uma delas tem a sua classe de inferioridade, por meio dessa categoria de uma infinidade de classes dos degraus sucessivos dessa inferiorização.  

Antes de prosseguir com esta postagem, é preciso deixar claro que, o verdadeiro DEUS existe sim e, se hoje sei isto; é porque, DEUS identificou-se em um Livro de sua autoria, de mais de mil volumes, denominado por DEUS: “Universo em Desencanto”. Lendo essa grandiosa Obra – esse prato literário Divino – todos nós vamos ficar sabendo (e com minúcias de detalhes) como é que vai se dar a nossa volta para o nosso verdadeiro Mundo de Origem: o Mundo Racional.

Mundo aquele que, foi de onde saímos por conta própria e, a gente depois de vir de lá se desligando e já tendo adentrado, por nossa própria conta (por a vontade ser livre),  pela jurisdição do nada adentro; viemos então, dar vida a este Mundo de Matéria; a este nosso Mundo de Mentiras que, por nossa abusada iniciativa, foi conseguido.

7ª Parte

Com o transcendental advento da Cultura Racional na Terra; foi que, a humanidade começou a ficar sabendo tudo sobre o porquê vivíamos todos sob o mais completo domínio da inconsciência; e, a tal ponto inconsciente que, ninguém sabia responder com base e com lógica: “quem és, ou quem somos?”; “de onde vieste, ou de onde viemos?”; e “para onde vais, ou para onde vamos?”.

Hoje, após o advento desse prato literário de Cultura Racional na Terra; foi que passamos a ter essa revelação, de que este Mundo aqui – o Encanto – é uma soberba Fonte de raciocínios perdidos; é uma espécie de Universo desprovido do saber principal, onde se aglomeram o sofrimento e o pranto.

Mas, lendo o Livro de Cultura Racional – todos os seus volumes – é que fazemos a descoberta dos dois Mundos: o Primeiro e verdadeiro Mundo de onde somos; mas, de lá saímos, por abuso do livre arbítrio e, para cá viemos dar conseqüências à existência deste segundo Mundo em que vivemos; mas, de onde não somos. E quando a humanidade souber que somos Seres Racionais, cada qual de nós um Ser Racional decaído em matéria Racional; após a certificação da veracidade de todos esses postulados, os festejos não cessarão.

Mas, este Mundo ainda não está por conta do o verdadeiro DEUS.

 O verdadeiro DEUS, a si mesmo Ele se denomina: o Racional Superior. Então, DEUS identificou-se e definiu a si mesmo, afirmando tratar-se DEUS, de: Um Raciocínio Superior a todos os raciocínios – o Raciocínio Supremo. Ele afirma que DEUS é também uma Energia Superior a todas as energias – a Energia Suprema. Habitante do Primeiro Mundo – o Mundo Racional. DEUS afirma também que, foi Ele que fez os Habitantes do Mundo Racional – que, é uma infinidade deles – feitos de massa Cósmica pura, limpa e perfeita; e afirma que, por essa razão o verdadeiro DEUS se trata de: uma Mecânica Racional Superior.

 O verdadeiro DEUS,  portanto, Ele é um Ser da origem de todos que, é uma origem só: é Racional. Racional é a eternidade. Racional é o Ser real. Racional é o Ser dos puros, limpos e perfeitos. Racional é a Raiz Suprema da humanidade. Racional é a genetriz da vida. A Racionalização, no dizer do Livro Racional: é Conhecer a razão de viver. É conhecer o Mundo de nossa raça e sabermos como voltar para ele.

Tenho pra mim que, você deveria buscar por um aprofundamento maior no que lhe está aqui, nesta postagem, sendo divulgado. Não se trata de religião, nem seita, nem filosofia ou supra filosofia, nem é espiritismo; e sim, se trata de um Conhecimento que tem por objetivo: ligar toda a Humanidade ao nosso verdadeiro Mundo de origem o Mundo Racional. Leia esse Livro: Universo em Desencanto.

Tenhamos, todos: Saúde e Paz, pelo desenvolvimento do raciocínio.

Imagem

Falando com Seriedade

Falando com seriedade

1a Parte:

Este Galáctico Mundo, ele é um Mundo Fluídico. Ele é o Mundo Fluídico eletromagnético.

Nele, existe uma infinidade de partículas e de sementes. E é exatamente isto, o que dá razão e motivos para a existência de uma infinidade de Seres, para a existência de vidas, todas elas diferentes, dado o fato de que: tudo nele é deformado.

Este Galáctico Conjunto Mundial, ele é constituído de sete partes que, são a composição desta Natureza, a elétrica e magnética. E nesta parte dele, da geração e formação da matéria, tudo nasce, cresce, refloresce e desaparece e, tudo volta ao que era: Matéria; um Ser que por si mesmo se destrói.

E você com isto?  O que tens a ver?

Algo que, talvez você não saiba, é que tens tudo a ver.  Pois, este Mundo é conseqüência de seus próprios Habitantes, como nos ensinam os Livros de Cultura Racional.

2a Parte:

Primeiramente, falemos do todo e depois, situemos você como uma parte deste todo. O todo é o Encanto e você é o Encantado.

O Encantado vive sob o domínio da inconsciência; não se conhece; não sabe definir o seu “eu”. É inconsciente; e, todo inconsciente não sabe o porquê do seu Verdadeiro Ser. Sabe que vive neste Mundo; mas, o porquê deste Mundo onde vive, não sabe; e, não sabe também o porquê de sua existência nele.

O Conjunto todo, você foi um dos causadores dele. Hoje, é que estamos sabendo disso; estamos cientes de como foi, de onde nos originamos. Saímos do Mundo Racional através de uma pequena parte de lá; e, fazendo uso da vontade por a vontade ser livre, aqui viemos parar; sob o domínio da inconsciência.

Hoje, é que estamos sabendo como foi o início.

Cientes de que os corpos anteriores a esses nossos, são dos tempos que  esses nossos não existiam; lá no princípio desta Deformação.

Cientes de como foi que se deformaram aqueles, e ficaram transformados nesses nossos, desses tempos de animais Racionais.

O LIVRO DA SALVAÇÃO ETERNA

3a Parte:

Cada pessoa, ela tem associada a si, esses dois corpos: tem o corpo de matéria pertencente a este Conjunto Mundial da geração e formação da matéria; e, tem o Corpo de Energia pertencente ao Mundo Racional.

Cada pessoa, por ser formada por este Galáctico Conjunto de sete partes, o elétrico e magnético; é essa, a causa de a pessoa estar ligada ao Fluido elétrico e magnético resultante do trabalho natural da Natureza, de ser o fator da produção dos microviventes seminais – dessa categoria de bicho Racional que, caracteriza o Ser Humano.

E, assim também, você. A sua pessoa é um corpo fluídico elétrico e magnético; e por, o Ser da pessoa pertencer a esta Natureza fluídica elétrica e magnética; é que, todo aparelho Humano – assim também você – é um Aparelho Fluídico elétrico e magnético. Todo Ser Humano é um corpo em matéria fluídica elétrica e magnética.

A energia elétrica e magnética ela se divide funcionalmente nessas três partes:

1a– a parte do chão é o sêmen – a energia elétrica e magnética transformada nessa semente líquida geradora de vidas que são aparelhos de reprodução de filhos – irmãos.                                                                      2a– é o próprio Aparelho – no qual, a energia depois dela ficar transformada em óvulo líquido, ela nele se transformou; e ele ficou sendo provisoriamente um aparelho de uma máquina de matéria elétrica e magnética, de vida passageira.

3a– essa parte é a energia invisível – que, se transforma nos seus feitos para comandá-los através do pensamento e da imaginação.

Para ver que uma energia só, elétrica e magnética, essa dualidade de composição energética denominada “Natureza”, ela se divide em três diferentes partes: uma, é ela mesma que, é onde está o comando de todos; pois está com quem fez todos; a outra são as sementes em semeadura; e, mais outra, os feitos dessa produção de aparelhos de reprodução de filhos irmãos.

 O LIVRO DA SALVAÇÃO ETERNA

4a Parte:

A Natureza é de mudanças e, ela, mudou de Fase no ano de 1935. E, por ter terminado a Fase do animal Racional e ter entrado na Natureza a Fase Racional; as pessoas – depois de Imunizadas pelo Mundo Racional; depois que fizerem por onde alcançar esta Divina Graça – não nascerão mais como animal Racional, livre pensador, sofredor e mortal. Agora existe esta opção inédita; aliás, a Natureza já se cansou de produzir defuntos.

E, na Fase Racional, fica excluída qualquer terceira opção além dessas duas disjunções mutuamente excludentes:

– a pessoa, ou sobe de volta para o Mundo Racional;

– ou, ela continua nessa descendente em que se encontra, de a mesma categoria de princípio seminal descendo, da categoria de bicho Racional que, é a causa de ambas essas classes: a de animal Racional e a de animal irracional; e vai ser mais um espécimen da infinidade de espécies dessa classe inferior de Entes corporais, os visíveis e invisíveis. Então, a pessoa: ou sobe; ou desce de classe. É este o “devir” da Natureza; é este o movimento dela, pelo qual, as coisas se transformam.

E, por isso, a Energia elétrica e magnética se transforma em Seres invisíveis, da futura classe dos que não conseguirem ter desenvolvida a desmaterialização do Habitante do Mundo Racional que, está materializado em forma de máquina do raciocínio dentro da cabeça humana.

O LIVRO DA SALVAÇÃO ETERNA

5a Parte:

Mas muitos, equivocadamente, estão pensando e julgando que, tanto faz como tanto fez ter estudado a Cultura Artificial e sempre deixando de lado a Cultura Racional.

Essa errônea interpretação em julgar e pensar tudo ser  das mesmas raízes do Encanto; é devida a não saber diferenciar : “Encanto” de “Desencanto” e, não saber situar as coisas nos seus devidos lugares.

E, a pessoa por estar pensando e imaginando ligada a essas duas energias em transformações; quando morrer, ela se transforma para classes de formação corpórea inferiores.

O LIVRO DA SALVAÇÃO ETERNA

6a Parte:

O raciocínio é o ponto vital da vida eterna; é uma energia que está materializada na cabeça de todos como máquina do raciocínio. Que, só depois de desmaterializada pela Cultura Racional; é que, está pronta para voltar ao seu estado natural, com o seu corpo de energia de vida eterna.

E a pessoa, da qual o raciocínio é o seu representante, ela tem o seu Fluido de vida eterna que, é o seu Fluídico Aparelho de Reprodução que, é sete em um só; porque, nós somos feitos por este Galáctico Conjunto de Sete Partes: sol, lua, estrelas, água, terra, animais e vegetais.

Todos nós, na humanidade, temos uma partícula nesses Seres das Sete Partes; derivando-se daí que, para vivermos, todos nós dependemos desses Seres deformados. 

O corpo Fluídico tem vida eterna.  E o seu eflúvio, dele efluente, é afluente do sêmen, onde germina. Matéria é produto do bicho.

A vida verdadeira é o Fluido que, deu causa ao micróbio seminal que, foi originado para que fosse dada formação ao corpo em matéria. Matéria é água – objeto de formação do simbolismo – transformada em Seres aparentes que, por serem aparentes, não são o verdadeiro Ser. Mas, iludidos pensam ser o que não são.

Foi o Fluido que, por pertencer ao sobrenatural, é invisível; foi esse Fluido que, deu a causa e a Formação deste nosso corpo em estado de matéria fluídica elétrica e magnética.

A dificuldade em definir o que somos já passa por aí: sermos um corpo (o corpo pineal) feito (ligado organicamente) em outro corpo que, é esse corpo da classe de animal de Raça Racional. Duas vidas; porque, assim se transformou

E, é por isto que, voltando a ser o que éramos; cada qual de nós volta a ser aquele mesmo corpo de onde este foi conseguido.

Corpo fluídico, de origem fluídica; por, ser fluídico, é instável. Gera, nasce, cresce, refloresce e desaparece; porque, o bicho por si mesmo se destrói.

O LIVRO DA SALVAÇÃO ETERNA

7a Parte:

A Imunização Racional apanha esse Fluido que é a vida verdadeira, o dono da vida de formação microbiana e o resgata retirando as suas partículas das sete partes onde o nosso Fluido Racional nelas, ele está deformado; esse Fluido é que, era o causador desta nossa vida. Uma vez resgatado pela Energia Imunizante Racional, então, não é mais; findou-se sua missão.

Você deve a si mesmo (a si mesma), buscar por um maior aprofundamento neste assunto, neste momento crucial que o Mundo atravessa.

Vamos lá, busque se conhecer; que é para a gente deixar de assim ser: livres pensadores, vagos sofredores e mortais.

O nome do Livro é o que você quer saber? Pois, o nome do Livro é: UNIVERSO EM DESENCANTO.

O LIVRO DA SALVAÇÃO ETERNADe autoria do RACIONAL SUPERIOR que, é um Raciocínio acima de todos os raciocínios.

Tenhamos todos: saúde e paz, pelo desenvolvimento do raciocínio.

Raciocinemos para o bem de todos

Não é tarefa superficial de se fazer, o discorrer sobre o Conhecimento Racional contido nos numerosos Livros de Cultura Racional.

Falar do raciocínio como estávamos acostumados a pô-lo em foco, como uma modalidade de pensamento; é uma coisa.

Mas, falar do raciocínio como um Ser Racional sendo conduzido dentro da cabeça de um corpo da classe de animal da raça de Racional. É outra coisa.

AS 3 MÁQUINAS MENTAIS

Principalmente, falar-se do raciocínio como a Energia do Habitante do Mundo Racional, um dentre tantos e todos, os que foram os causadores da existência deste nosso Mundo de Mentiras.

Não é tarefa fácil; mas, uma coisa a gente pode dizer: esta tarefa é o que há de melhor pra gente fazer.

Quando a gente lê o Livro Universo em Desencanto – de Cultura Racional, a gente fica sabendo que o raciocínio é a parte Racional desta espécie do relógio de sete ponteiros, como o é a cabeça humana.

Mas, o raciocínio – elo referencial da ligação exata e perfeita ao Mundo Racional de onde viemos e de onde somos – ele estava envolvido por densa camada do extrato magnético. E, nessas condições, ele não funcionava.

E o raciocínio não funcionando, dentro da cabeça humana, não pode haver raciocinamento como de fato isto nunca houve; e sim, o que sempre houve foi imaginação e pensamento: Entes esses, da razão variante de animal, de qualquer animal; até mesmo Entes do imaginário humano dessa classe do animal da Raça de Racional.

O extrato magnético que envolvia (e ainda envolve) a Energia do Racional que se extinguiu em cima da parte transladada do Mundo Racional – uma Planície que desceu para cá – e a Energia por ela ter ficado incubada na matéria, pela matéria ela ficou envolvida por esse extrato magnético.

Pois, ela se extinguiu em cima da terra ( a parte magnética) e da água (a parte elétrica) então, foi nessas duas partes – em cima das quais a Energia dos Racionais que se extinguiram e perderam a vida de Racional – foi ali que essa Energia se materializou. Juntaram-se três Energias inter agentes; e, todas três, se degeneraram da forma do seu verdadeiro estado de ser natural.

E a Energia dos Racionais que se extinguiram; por se extinguirem, perderam a vida de Racional.

E tendo havido essa mistura, essa junção fluido energética degenerada; então, foi o que deu forma a essa vidas degeneradas do que eram. Deu forma deformada, poluída e enfraquecida. Foi o que deu causa a esta classe do animal Racional, animal de origem Racional, acentue-se isto.

Você está devendo a si mesmo buscar por um maior aprofundamento deste conhecimento do qual aqui só é possível a gente dar algumas pinceladas.

Vamos lá, busque se conhecer; que é para a gente deixar de assim ser: livres pensadores, vagos sofredores e mortais.

O nome do livro, é o que você quer saber?

UNIVERSO EM DESENCANTO.

De autoria do RACIONAL SUPERIOR que, é um Raciocínio acima de todos os raciocínios.

Tenhamos todos: saúde e paz, pelo desenvolvimento do raciocínio.