Imagem

Somos filhos de outra vida.

SOMOS FILHOS DE OUTRA VIDA

 As vidas viventes moribundas aqui existentes, durante essa vida inteira, de sofredores e mortais, morrendo e nascendo, todos – sempre os mesmos – aqui se revezando nessas idas e vindas, cada vida dessas, era um pobre ricaço.

 Cada qual nessa humanidade, um pobre ricaço, porque sempre valorizou o nada como se tudo fosse. Riquíssimo em deter o saber humano que, é uma sabedoria de quem não sabe o porquê da vida. Saber o porquê da vida é o saber principal da vida.

O saber, do qual todos nós precisamos – o Conhecimento da Imunização Racional –a este Mundo agora é chegado, para o conhecimento e o equilíbrio de todos, através do desenvolvimento do raciocínio. O livro que, traz em seu bojo este Saber Maior, é uma verdadeira arca do Tesouro maior do Mundo.

 E, por esse grande motivo, o tempo agora deve ser empregado para conseguir esse Conhecimento de Salvação Eterna de si mesmo, por meio da Energia Imunizante Racional que emana da leitura atenta dos Livros de Cultura Racional. Antes, a nossa rotina era adquirir conhecimentos que lastreavam a sabedoria humana que era peculiar dos sofredores pelo enfraquecimento das gerações.

 Essa era uma rotina de jugo amargo, nesta soberba fonte de raciocínios perdidos aqui no Encanto; por nossas sementes permanecerem aqui deformadas submetendo-nos a essas idas e voltas, sempre ancoradas à sepultura; já que, nessa categoria de classes, a morte faz parte da vida. E passávamos a vida olhando lá para o firmamento de dentro de uma caverna (ou caveira) tentando entender e compreender de onde tudo isso surgiu.

Hoje, sabendo que a origem existe antes da causa. A causa existe antes do feito; porque não há efeito sem causa. Não conhecendo a origem, a pessoa não pode conhecer o porquê do feito ter surgido de um pingo d’água seminal.

  Hoje sim, sabemos que toda pessoa que detém este saber da Imunização Racional de nosso Ser, é porque persistiu na leitura do Conhecimento Racional, para que pudesse passar a se conhecer. E o se conhecer é o mais importante da vida. É reportar-se à verdadeira origem da originalidade da vida, desde o antes da existência de tudo o que existe na formação do Ser.

 

E então, é ficar sabendo que, não é fora de si mesmo; e sim, é em si mesmo que se encontra o Conhecimento do Ser. É ficar sabendo avaliar a importância de desenvolver o raciocínio; por estar desenvolvendo a sua individualidade verdadeira; desenvolver o raciocínio é desenvolver o natural de si mesmo.

 Desenvolver o raciocínio é desenvolver a razão da vida eterna do Ser Racional decaído em matéria. E que, uma vez decaído em matéria, ficou Racionalmente deformado; e, nessas condições– pelas transformações que passou – não poderia

dar solução daquilo que não viu fazer. Um Ser que se tornou misterioso até para si mesmo, um Ser Encantado pelo Encanto fluídico animal onde o Artifício firmou suas raízes.

 

Diante dessa nossa situação, como Encantados pelo Encanto, o raciocínio recebeu um certificado de pergaminho deformado pela luz solar do Galáctico Conjunto Elétrico e Magnético que, é a Luz do animal irracional. O animal irracional pertence a este Mundo Encantado e, é justamente por isto que, o animal irracional não tem raciocínio.

 E, o animal Racional por pertencer a um Mundo diferente, é que tem raciocínio embora com pergaminho deformado por esses códices da Artificialização dos Povos; mas ainda assim, é, de fato, muito diferente do animal irracional. Posto que, o animal Racional é de um Mundo superior, do qual partiu e, pelas transformações pelas quais passou, veio dar vida a este Mundo.

 E, no tê-lo feito, um desconhecido para si mesmo, se tornou; porque, em estado de coma consciencial um desconhecedor de si mesmo se configurou. Então, estava aqui vivendo quase igualmente como um irracional daqueles que, não se doma nem se amansa; tão somente acostuma-se com os hábitos, com as coisas que: ensinam-lhe, aprende e conhece.

 Sim, depois de tantas transformações, pelas quais passou, veio o desconhecimento de sua Base de Origem; a causa de que desconhecia (até aqui) a sua própria origem, a causa de que desconhecia (até aqui) o seu verdadeiro natural de ser.

 E sem ter convicção real do seu Ser; então, vive julgando-se ser o que, o seu próprio Ser, não é. E, sempre se alternando nas suposições; por, não conhecer o que é Racional. Daí se estabeleceu uma faculdade consciente diminuta e, a inconsciência veio progredindo, até que se tornou muito desenvolvida.

Ilusão é tudo aquilo que desvirtua o bem para o mal; derrotando assim, aos embriagados pela ilusão. Pois, a matéria é daqui da água; produto da Planície Racional que se transformou num corpo de vida deste Mundo de Mentiras.

 

 Hoje, lendo os Livros de Cultura Racional com persistência diária, temos como manter o Conhecimento Imunizante Racional de posse de nosso “eu” que, passa integralmente, a se tornar a arca do mais valioso Tesouro existente neste Mundo; pois, as Obras Racionais não falham, tendo agora chegado a hora exata de botarmos de lado, o ouro dos tolos que não conhecem o seu “eu”, pois não conhecem a casa dos fluidos que, uma vez possuída de Vidência Racional, então vê tudo que existe no Mundo Racional.

 O raciocínio, ele vem de há muito, perambulando neste corpo encantado; encantado neste corpo, enquanto aí sediado e camuflado pela inconsciência, hoje já tendo como ser superada, Racionalmente, pela Luz Racional.

No princípio da leitura do Conhecimento Racional, há pessoas que encontram alguma dificuldade em entender a linguagem do raciocínio, levando-as a uma infinidade de suposições, até mesmo, negativas; por pensarem se tratar de mais uma Literatura daqui do Encanto, igual às outras.

 Não conhece o que é uma Obra de Desencanto. Então vê no Livro: “Universo em Desencanto; mas, não sabe do que se trata. Não sabe a que assunto é que se refere a palavra “Desencanto”. Nem imagina que se trata de salvação eterna.

 Então, há pessoas que pensam tratar-se de uma coisa das mesmas raízes do Artifício que animalizou e embruteceu os Povos que, aí estão vivendo artificialmente, sob a articulação do pensamento concreto, materialista. De quem vive como se fosse o Dono da Vida e que nem saber o porquê da vida, não sabe. Tem vida e não sabe o porquê de tê-la. Mas, isso foi nos tempos que a Fase natural da Natureza era a Fase do Pensamento que, hoje,  já terminou.

 

A Fase do Pensamento teve o seu princípio, o seu auge e o seu fim; como tudo na matéria é assim; e, no findar, chegou também ao fim a Fase de animal Racional que, foi a Fase de Aparelhos Humanos porta vozes do Galáctico Conjunto Elétrico e Magnético – a Galáxia do Pensamento – que terminou.

Terminou a missão espiritual e todos os feitos da Fase finda entraram em liquidação material, natural e espiritual; na ordem física, moral e financeira.

 E, por a Fase do Pensamento ter terminado, acabou a função de a Natureza alimentar o pensamento dos pensadores; daí levando-nos a este flagrante desequilíbrio mundial total da Personalidade Humana; da individualidade pessoal. A humanidade perdurou com a individualidade perdida.

 E a verdadeira identidade da origem de todo animal de Raça Racional é o corpo de Energia Racional. E toda Energia tem poderes e força de geração incessante; de forma que, um corpo termina e se transforma em outro.

 Hoje, com a leitura assídua de Cultura Racional, a pessoa desenvolve o raciocínio e, depois que se ver iluminada pela Energia Luminosa  Racional, a pessoa está ligada à Natureza e ao Mundo Racional. Está ligada à Energia pura, limpa e perfeita, a Energia Racional. E daí, vem a transformação da matéria para uma corpo de Energia Racional; ficando a matéria transformada na sua verdadeira origem. Desenvolvido o raciocínio, este desenvolve a origem.

 Foi o corpo de Energia Racional que deu causa ao corpo de matéria de origem Racional. A identidade da origem do animal de origem Racional é o corpo de Energia Racional que, quando o raciocínio fica desenvolvido, então termina a missão da identidade Racional na vida da matéria. A missão de ser um Aparelho Fluídico de Reprodução sempre da mesma pessoa aqui a nascer, sucessivas vezes, como um espécimen da espécie humana; animal Racional.

 De forma que, esse corpo de Energia Racional que e é a causa dessa população microvivente seminal de origem Racional, existente no sêmen para a formação dos Aparelhos (ou máquinas de matéria Racional e irracional); porque isso tudo é de origem Racional, mas, cada qual em suas classes. E, por existir uma infinidade de habitantes microviventes seminais visíveis e invisíveis; é por isto que existe uma infinidade de classes.

 A causa do corpo de Energia Racional é o Mundo Racional. A causa do micróbio é o corpo de Energia Racional, responsável pela existência da pessoa na vida da matéria; sendo representada pelo raciocínio. E depois do raciocínio desenvolvido; então, a parte essencial da matéria, que é o corpo de Energia Racional, aquele que foi a origem da causa da matéria volta para o Mundo Racional. A matéria fica aqui; porque, é de origem daqui da água.

 Para verem como é feita a nossa mudança desse suposto Mundo para o nosso verdadeiro Mundo de origem – o Mundo Racional. A Fase Racional é a Fase da razão da vida do animal e também, da extinção da vida do animal.

  Somos filhos de outra vida; pois, se fôssemos daqui, seríamos eternos.  O Ser representante de nossa pessoa nesta vida e neste Mundo, este Ser é o raciocínio –

um Habitante do Mundo Racional envolvido no istmo do mesencéfalo, dentro da cabeça desse corpo de animal de raça Racional e que, tratamos de corpo humano.

 O Mundo do raciocínio é o Mundo Racional que é o Mundo no qual o pensamento não teve origem; o pensamento é oriundo da matéria; é de origem daqui do chão. É por isto que, para o pensador, a vida não tinha solução; porque para o pensador a vida não passa de ser só esta mesma. Posto que, o pensamento não tem alcance para desvendar, por si mesmo, o seu próprio antes do Ser; que fará então, desvendar todo o antes da existência de tudo o que existe neste Mundo e fora dele!

 A solução só podia vir de fora e, tal advento já se deu; só restando agora pedirmos a permissão do Mundo Racional para a nossa adesão à salvação eterna de todos e de cada qual na Humanidade. A adesão já nos foi concedida; resta-nos agora então, nos pautarmos por atitudes decisivas, como é exigido pelo momento triste que o Mundo atravessa, e que atesta a nulidade de todo o saber humano. Resta-nos agora, atitude de quem quer se salvar que é adquirir o verdadeiro saber que todos nós precisamos ter: o saber que nos é dado pela Origem – a Cultura Racional.

 O pensamento nunca pode retroagir ao momento exato do início de sua formação; por o pensamento ter nascido do chão. Posto que, no início da formação do pensamento decorreu de energia incubada no chão e que ficou choca; dali tendo surgido a geração dos Seres Humanos com formatos monstrengos. Naquele mais primitivo princípio estava tudo em formação e muito longe ainda o Ser Humano se encontrava das Fases do início do pensamento dentro de sua cabeça funcionar.

 Vamos ler, reler e estudar o Conhecimento do desenvolvimento do raciocínio que desvenda o que, com o pensamento nunca pudemos descobrir; na condição de pensadores nunca pudemos descobrir o início de nossa geração e da formação dos Seres Humanos, como foi que, de fato, se deu. Então, haja a imaginar em vão; e, por a solução não poder ter sido encontrada por esses meios mentais artificiais, o jeito que se encontrava era o de dizer: —“Ora, a vida é mesmo esta; é esta mesma de pensar e não saber por que, de imaginar e não saber por que, a vida é assim até morrer”.

 

De forma que, para o pensador, a vida e o Mundo não tinha nem tem solução, inda mais agora que, a Fase do Pensamento já faz oito décadas que terminou e, todos os pensadores perderam o direito de viver pensando. Tratemos de raciocinar; senão…!

 

Somos filhos de outra vida; e até já passou da hora de apurarmos isto com mais precisão e justeza; pois, já há bom tempo, a outra vida nos vem chamando à atenção para o fato de que o pensamento já deu o que tinha que dar; porque a sua Fase de vigorar terminou.

 

Tenho pra mim que, você precisa se aprofundar mais neste assunto recorrendo aos conteúdos dos Livros de Cultura Racional – os livros: “Universo em Desencanto”. Busque por essa fértil leitura que, é do saber que todos nós precisamos, para podermos vencer numa vida de paz, fraternidade, amor e concórdia universal.

 

Tenhamos todos: saúde, alegria, felicidade e paz mediante o desenvolvimento do equilíbrio de razão suprema, obtido pelo natural  desenvolvimento do raciocínio.

 

Anúncios

O raciocínio fala sem voz, não tem barulhos.

Parte Introdutória deste Post

Temos aqui, neste Mundo, os Fluidos das Três Forças regentes de todo este universo da deformação do que éramos; e também temos o Fluido transcendental, o Fluido da Imunização Racional; ou a Energia Imunizante Racional – a Imunização Racional.

São três, as Forças regentes de todo esse Galáctico Conjunto Universal da Deformação Racional em transformações; são esses, os Três Poderes: o elétrico, o magnético e o Racional.

Existindo também, o Supremo Poder Regente de onde emana a Força do Poder que constituiu a vida. Trata-se do Poder da origem de tudo e de todos deste nosso Segundo Galáctico Mundo, o qual habitamos; mas, de onde não somos.

Parte I deste Post

Aqui habitamos nesse estado de recorrentes vidas viventes moribundas; morrendo e nascendo; assim como, um mesmo sol que morre e nasce para um novo dia diferente. Analogamente, cada qual de nós, é um sol pirilampo também assim.

Cada qual, morrendo e nascendo; contudo, em sucessivos corpos de vida diferentes entre si; cada corpo conseguinte é desconhecedor do seu antecedente; e cada sempre mesma pessoa, sucedendo-se desde longínquas eras, em formações corpóreas materiais; e, parecendo que vai ser sempre assim. Mas, não vai ser pra sempre; pois, na matéria é tudo assim, tudo que tem princípio, tem fim. A matéria é uma energia poluída.

Então, por que é que há o crescimento demográfico da população; se cada Corpo de Energia Racional só pode fazer nascer um Ser Humano de identidade Racional a cada vez?

É porque o número de Corpos de Energia Racional existentes no espaço é maior do que habitantes da terra e habitantes do espaço, somados.

E, só agora, chegamos ao fim de nós sermos assim, neste Mundo de onde não somos; pois, se fossemos deste Segundo Mundo, seríamos eternos; e, por daqui não sermos é que, nos transformamos em outras vidas; que, se somadas, dá todo um rosário de cada mesma vida. Daí, esse encantado rosário de contas – tratar-se de um incontável conjunto de corpos de vida diferentes (de cada mesma pessoa) que é cada vida moribunda vivente.

Imagem

A natureza de todas as vidas, aqui viventes como espécimens da espécie humana dessa classe de animal de Raça Racional, ela – a natureza humana – é adequada à Natureza que assim nos fez.

Embora a Natureza, ela seja de imperfeições; mas, ela nos constituiu mediante uma Planta Racional do corpo, para a fecundação de uma máquina orgânica com todos os seus pertences; a fim de que, um dia, já depois do necessário lapso evolutivo de tempo em lapidações, viéssemos a nascer numa Fase derradeira, justamente nesta Fase Racional, cada vida assim classificada, já apta a entender e compreender o seu Ser; e daí, podermos voltar para o mesmo lugar de onde viemos. O teu dia é hoje; saiba como melhor aproveitá-lo em seu benefício e em benefício de todos.

Esta Fase natural da Natureza, a Fase Racional, chegou e estamos dentro dela, carecendo fazermos por onde ficarmos adequados a ela.

Todos na humanidade somos de Raça Racional e, é por isto que a nossa categoria de princípio seminal é este óvulo de conteúdo microbiano das duas classes: o bicho irracional e o bicho Racional; porque estamos ligados a essas duas energias em transformações e, em vias de nos ligarmos somente à Energia Racional, para a solução definitiva da vida, existente na própria vida de Raça Racional. Só falta desenvolvermos a identidade de Racional – o representante Racional de nossa pessoa – o raciocínio, a razão da vida eterna.

Nós nos deformamos em animais Racionais e, por nós sermos Racionais, é que voltaremos ao nosso lugar pelo fluido de cada qual que, deu origem ao Ser de cada qual de nós, com esta nossa formação corpórea microbianamente feita.

Lendo o Conhecimento de Cultura Racional, o raciocínio vai sendo desenvolvido até nós sermos imunizados pelo Mundo Racional; assim que o raciocínio estiver completamente desenvolvido. Antes não; mas, mesmo antes, já estará sendo colhida pela pessoa uma infinidade de provas e comprovações.

 Imagem

Parte II deste Post

Este Mundo é muito antigo e os Seres Humanos em Eras antiqüíssimas tinham formação corpórea muito diferente desta que hoje temos.

Iniciou-se com todos nascendo do chão como uns monstrengos – surdos, mudos e cegos – e depois, houve uma longa trajetória de nossos ancestrais passarem por um total de sete eternidades da Fase de monstros.

Eternidade é um tempo de transformações vigentes na Deformação natural da Natureza, aparentando estar no modo infinito, dando a impressão às vidas viventes numa Fase dessas, de que vai ser sempre assim. Agora, por exemplo, parece que a Fase de nós sermos Seres Pensantes vai ser para sempre. Mera aparência.

Depois daquela Fase, a nossa espécie veio passando por sete eternidades na classe de selvagens que, na sua longa evolução de entendimentos evoluíram a voz aos guinchos, urros e berros e, depois de uma longa trajetória como gagos, vieram a falar cantando; tentando assim, controlar a gagueira.

Então, depois veio outra muito longa trajetória da humanidade em evolução, tendo passado para animais Racionais e completando três eternidades sendo desenvolvidos através do Pensamento e da Imaginação.

Tendo chegado assim, a animais Racionais civilizados do Segundo Milênio; Fase que durou até pouco menos de oito décadas passadas e, de 1935 para cá, está em liquidação: moral, física e financeira; por ter terminado a Fase de ser animal Racional da natureza humana. Pois, a Energia Racional é que está governando a Natureza desde 1935; e daí a Natureza mudou de comportamento.

Para ver que o Mundo já passou por uma infinidade de modificações das Fases de sua evolução. Estamos agora, na Fase da mudança da categoria de animal Racional para  esta, a de Aparelho Racional.

E já estamos plenamente na Fase da descoberta dos dois Mundos. Na Cultura Racional está a Revelação dos dois Mundos:-

• o Mundo elétrico e magnético é este Mundo que habitamos e que, foi conseguida a sua existência de uma aventura de más conseqüências;

• e o outro Mundo é a Planície de massa cósmica Racional pura, limpa e perfeita – o Éden Racional – onde vivem os Seres Racionais puros, limpos e perfeitos e, foi de onde saímos e viemos dar conseqüência a este Mundo que habitamos; porque nos deformamos em animais Racionais.

Na Fase de animal Racional houve o desenvolvimento do pensamento e da imaginação mediante o progresso da energia elétrica e magnética que terminou em 1935 e de lá pra cá o pensamento deixou de ser alimentado por essa energia.

Daí, a Fase do Pensamento entrou em falência e liquidação e estamos vivendo horas difíceis de um desequilíbrio mundial sem precedentes.

Parte III deste Post

Este Mundo, portanto, já passou por uma infinidade de Fases e, esta Fase agora, de Aparelho Racional, é a última Fase da vida da matéria.

Imagem

Chegou, só agora, o que ia ter que chegar com o tempo que é o dia do encontro da Imunização Racional pelo Ser Humano, em si mesmo. A solução da vida aqui vivente, sendo encontrada na própria vida e não fora dela.

A solução está no desenvolvimento do raciocínio; dentro da cabeça de todos, na esquecida psicomáquina da mecânica Racional, a máquina do raciocínio a ser desenvolvido e que, muitos tratam de Glândula Pineal, existente no istmo do mesencéfalo.

Era por isto que, desconhecíamos a história completa do passado (de onde foi que viemos e porque viemos) e deste atual presente (a Divina Providência providenciando a nossa volta ao nosso verdadeiro lugar de origem – o Mundo Racional) e do futuro (quando já estaremos sendo Racionais, puros, limpos e perfeitos em nosso verdadeiro Mundo de origem – o Mundo Racional).

E para ser encontrada a solução que está em si mesmo, é preciso que o Ser Humano passe a se conhecer sem enigmas, nem sofismas nem mistérios, no Conhecimento Natural da Natureza que é lastreado pela Personalidade Verdadeira de um Ser Supremo a tudo e a todos.

De forma que Deus identificou-se dando-nos a conhecer:- de onde foi que viemos, porque foi que viemos; e, como é que vamos voltar para de onde viemos; fazendo uso da vontade, por a vontade ser livre.

 

Parte IV deste Post

Para ser encontrada a solução da vida em si mesmo, é preciso que o Ser Humano passe a se conhecer, com base e com lógica, para que possamos sair desse nosso crônico estado de coma consciencial, reinante na natureza humana por um considerável lapso de tempo. Tudo isto tem um longo histórico a ser estudado, lido e relido nos Livros Universo em Desencanto.

A leitura dos Livros de Cultura Racional, o Conhecimento adquirido através dela, é simplesmente uma instrução do princípio e do fim de tudo, definição e formação de tudo até que a vida aqui vivente venha a ser Imunizada pela Energia Racional que está governando a Natureza desde quando a Fase do Pensamento terminou, do ano de 1935 para cá.

A verdadeira solução definida e definitiva da vida aqui vivente não se encontra a bilhões de quilômetros de distância de si mesma; e nem podia ser encontrada tão distante de onde ela está; pois, a verdadeira solução da vida está dentro de si mesma; está no desenvolvimento da máquina do raciocínio.

É isso mesmo, a solução está no desenvolvimento do raciocínio, presente aí dentro da cabeça de todos; prontinha para elucidar de conhecimentos férteis desta Fase Racional da Natureza, a Casa dos Fluidos que é o “eu”.

A silente séde da alma Racional, ela agora, é que vai falar mais alto para que possamos ouvi-la através da Voz da Supremacia Racional, vibrante no istmo do mesencéfalo, no corpo pineal. Que, é o corpo de nossa comunicação com os Racionais puros, limpos e perfeitos, nossos irmãos de Origem.

Racional raciocina silente; o puro, limpo e perfeito não fala. Fala sem o uso da voz; a voz é do bicho do chão. A voz ruidosa é da bicharada.

O puro, limpo e perfeito não pensa; só raciocina. E o raciocínio fala sem voz. E assim também o Aparelho Humano Racional; depois de completarmos este progresso – hoje ainda primário – do desenvolvimento do raciocínio. Nos dias vindouros, o Ser Humano raciocinante, vai falar sem voz.

É a mesma coisa que ninguém vê as vozes ecoando pelo espaço, as músicas, as conversas, as falas e tudo enfim; ninguém escuta, ninguém vê. Só tendo um apropriado aparelho para captar essas transmissões de imagens e sons; senão, não.

E assim é o raciocínio depois de desenvolvido pela Cultura da Energia Imunizante Racional da Humanidade. Depois do raciocínio desenvolvido, a pessoa não fala; porque, deixou de ser bicho.

Bicho é que fala, é que ri, é que chora, é que grita, é que berra, é que urra, é que ronca, é que geme, é que canta. Bichos é que se comunicam falando, cada qual dentro dos limites de sua categoria, classe e espécie. Essa é uma necessidade manifesta de todo bicho.

Imagem

Houve um lapso de tempo para que, uma muito longa trajetória pudesse ser percorrida até que, a humanidade chegasse a este ponto que chegamos agora; de encontrar o caminho certo todo sinalizado num Livro de Instruções de como percorrer este único caminho que nos leva pelo rumo certo da verdadeira origem da humanidade.

O livro “Universo em Desencanto” é o Livro da Solução real da vida; porque contem, em seu bojo, a exposição da premissa básica, de que a vida é de origem Racional. E, exposto nele mesmo está – no Livro de Cultura Racional – essa conseqüência lógica de que: a força das soluções da vida está na origem da vida e, em nenhum outro qualquer lugar.

Repetindo então, essa premissa básica: – “Racional é a origem da vida”. E, ato contínuo, a lógica grita e bem alto, que: – “Racional é o fator principal da vida que é de origem Racional”.

Mas, houve as Fases em que o comando elétrico e magnético desta Natureza deformada é que governava as mentes, lapidando-as, preparando-as para que um dia (este dia é hoje) pudessem conhecer a sua verdadeira semente.

E naquelas Fases, o período de a imaginação ser desenvolvida foi um; o período de o pensamento ser desenvolvido foi outro; e agora, havendo mais esse outro período de o raciocínio ser desenvolvido; então, só agora o Ser Humano está em ponto de desenvolver a razão da vida eterna; o ponto básico e lógico da vida eterna, aí presente em você mesmo, em você mesma.

Hoje, é que ficamos sabendo, com o advento da Cultura Racional aqui na Terra, que há essas três energias dentro da cabeça de todos; essas três psicomáquinas diferentes entre si e, movidas por essas Três Forças regentes de todo esse Galáctico Conjunto deformado que, se divide em sete partes. Mas, uma delas, a Energia Racional sempre permaneceu até aqui, sem funcionar.

E, cada qual de nós na humanidade, tem uma partícula (de nossa exclusiva correspondência) em cada uma dessas sete repartições naturais desta Galáctica Natureza deformada, degenerada, enfraquecida e poluída; derivando-se daí, a formação de sucessivos corpos humanos sempre para a mesma pessoa, de diminuta faculdade consciente. Mas, de identidade Racional.

Imagem

É que, nas Fases passadas foi dito que todos tinham raciocínio e que é muito diferente do pensamento. Bastou que desenvolvêssemos o pensamento elétrico e magnético com aparência de Racional e, pronto, deu-se esta confusão de -prematuramente – acharmos que o pensamento concreto em seu desenvolvimento, já se tratasse de “raciocínio”.

Estava então, estabelecida a confusão de julgar que pensamento fosse raciocínio; nem vendo que faziam o uso grosseiro da fala! Naquilo que pensavam; achavam que estivessem raciocinando.!

Isto se deveu a que, na Fase do Pensamento e da imaginação o Ser Humano não sabia identificar essas três energias que todos temos dentro de nossa cabeça; porque nós todos não conhecíamos a identidade própria da máquina do raciocínio.

Tínhamos e temos essas três máquinas psicológicas dentro de nossa cabeça: a máquina da imaginação, a máquina do pensamento – essas duas, daqui do chão – e a máquina do raciocínio que é de origem do Mundo lá de cima, de onde somos, saímos e para cá viemos dar vida a este Segundo Mundo. Mas, nesse tempo todo pregresso, o raciocínio nunca funcionou.

Para ver que, o pensamento e, assim também, todo o mental imaginário humano não é da mesma origem de onde o raciocínio teve origem. Já se raciocinava na Galáxia Racional, quando esta Galáxia do Pensamento sequer existia. O raciocínio é do antes do Ser; é de onde teve origem a originalidade da vida.

Mas, na condição de livres pensadores, sofredores e mortais – na Fase do Pensamento – fizemos do raciocínio um pobre ricaço; porquanto, queríamos o que, não tem nenhum cabimento de querer: queríamos que o raciocínio coubesse dentro da Fase do Pensamento!

E, por fim, hoje tudo esclarecido e elucidado para que deixemos de ser alucinados pela vida de sonhos, de fantasias e de ilusões; e, uma vez elucidados pelo desenvolvimento cultural Racional da razão da vida eterna; então, todos lúcidos de lucidez Racional.

A própria Natureza que sempre emitiu a vontade, a intuição, a imaginação e a inspiração; ela própria agora sob nova direção, pois está sendo governada pela Energia Racional, ela vai transmitir, em todos nós, a vontade soberana delas sobre todos, para que passem a se conhecer para vencer; pois, quem sabe vence, porque sabe; por ter o verdadeiro conhecimento para o bem de tudo e o bem de todos, somente o bem.

E isto, é só para daqui mais um pouquinho de tempo necessário.

Não há razão para malquerenças; pois, tudo vai se dar naturalmente e, sob a égide de quem rege sobre todos os seus feitos, feitos pela Natureza desta Fase Racional.

E os nossos irmãos, Habitantes do Mundo Racional, puros, limpos e perfeitos; sem defeitos, depois que nós estivermos com o raciocínio bem desenvolvido, eles chegam para conversar, sem a voz ruidosa dos bichos do chão; não vai ser preciso fazer uso da fala material.

A Energia Racional raciocina e, a Voz Suprema Universal é silente, não requer o ruído da voz da bicharada.

Lá, a essa altura, já estaremos de posse do equilíbrio de razão suprema que; a nós é assegurado, pelo desenvolvimento do raciocínio orientado unicamente para a composição melhor da vida, para o equilíbrio perfeito.

A nossa conversa mantida com eles, sem barulhos, alta e em bom som, terá o propósito de aplacarmos a saudade deles, de um lado; e, de outro lado, de sermos orientados por eles, para um viver alegre, feliz e contente. Que, não é pra menos, só de saber que, neste nosso Mundo de mentiras, nós não vamos nascer mais. Nós, com o raciocínio desenvolvido; então, eles chegam para conversar conosco. Uma conversa entre irmãos.

Estamos, agora, de mudança deste Mundo que daqui não somos, para o Mundo Racional de onde somos, saímos por vontade própria, para cá viemos dar vida a este nosso Mundo de Mentiras que, são os sonhos, as fantasias, os pesadelos e as ilusões. Estamos de volta para o Mundo de onde viemos – o Mundo Racional, o nosso verdadeiro Mundo de origem.

Cabe a cada qual de nós: ou acelerar, ou retardar a nossa mudança pessoal, individual, para o Mundo dos puros, limpos e perfeitos, o Mundo Racional. Retardar não é legal, é prejudicial.

Você decide se quer continuar nessa categoria de classes em inferiorização, a classe do animal Racional em extinção e a caminho de mais uma transformação para classes inferiores; ou se já é a exata hora de dar um “basta” nessa perdição de Racional inferior; inferiorizado como animal; Racional decaído em matéria. Você se decida; pois, esta é a hora do último trem.

Tenho para mim, salvo melhor juízo, que você bem que pode aprofundar-se em estudar com cuidado essas postagens de muitos endereços eletrônicos que, estão fazendo essa incessante recomendação: pra você ler e reler e estudar e analisar e desenvolver o Conhecimento Racional existente no bojo dos Livros de Cultura Racional; o livro: “Universo em Desencanto”.

Tenhamos, todos: saúde, paz, sossego e fraterna concórdia universal, pelo desenvolvimento do raciocínio que, é a razão da vida eterna. Abracemo-nos todos, como irmãos de uma origem só. Posto que, a verdade é uma só; é Racional.

Imagem

VOCÊ VIVE MOMENTOS DECISIVOS E PRECISA SABER POR QUE

 

Para você anunciar a primazia da origem, você tem, primeiro, que saber como entrar em contato com o verdadeiro Mundo de origem de todos.

 

Antes ainda, você tem que aprender a se organizar na vida ao modo de que se constitui a vida.

 

Dessa forma, passa a valer você ter vida, chamada de humana, ainda que esta sua constituição, ela tenha sido microbianamente feita pelos fluidos de onde é conseguido este teu Ser material, dito: corpo humano.

 

E a origem da matéria orgânica que é uma bicheira material advém do carbonizante engenheiro chefe da Deformação, advém do sol; o carbonário, carvoeiro ou carbonizador. O coadjuvante da rainha água e da princesa terra (o já famoso pó).

 

Dele, é que somos oriundos; mas, ele – o soberano sol – é uma vida inferior ao fluido, de onde somos conseguidos. Nós somos as conseqüências dos fluidos. Do Fluido você foi conseguido (ou conseguida).

 

O fluido é uma dualidade interfacetária. Em sua face mais sombria ele é o efeito do corpo visível; a cara. Em sua face mais radiante, ele é o efeito dos Seres Orgânicos, a coroa.

 

O fluido que te substanciou este teu Ser, dito “Ser Humano”, ele é efluente das sementes dos Sete Reinos que produzem a vida humana, pois dão vida à humanidade e também organizam a vida. A substância do Ser Humano  lhe é dada pelo fluido das sementes desses Sete Seres: sol, lua estrelas, água, terra, animais e vegetais.

 

É por isto mesmo que, essa vida vivente que você é, o modo de que essa vida se constitui requer uma adequação Racional de parte das partículas seminais que, te deram por formação este teu corpo humano.

 

E, só a tua Origem sabe e pode fazer isto; porque, a Origem de você, de todos e de tudo foi uma origem só, foi e é Racional, não foi uma origem qualquer. Daí, não competir a um qualquer que seja, empregar a Força do Poder da Origem para solucionar a vida, de forma definida e definitiva.

 

Então, resguardado pela Força do Poder da Origem, se você seguir retornando rumo à Base de Origem; instruindo-se Racionalmente pelo alfabeto do Terceiro Milênio – nos Livros de Cultura Racional – então, a partir daí, você vai retomar o antes do Ser. E já aí, você começa a contemplar outra moeda; mediante a qual, quem só vê cara, coroa não vê.

 

Leve essa bússola contigo, dada a você por quem conhece a Origem; recorra aos Livros: “Universo em Desencanto” que, é o que lhe pode dar o Conhecimento certo; e, mais ninguém.

 

Os Seres Orgânicos, então agora eles é que são a outra dualidade interfacetária. Em sua face mais sombria são a causa do fluido que fez você assim ser; fez de você esta pessoa ligada ao fluido animal. E em sua face ultra-radiante, esses Sete Seres são o efeito do Antes do Ser, a coroa.

 

Está descoberta a origem. Assim é que, quando você chegar a um nível de alfabetização funcional cultural Racional – tipicamente do 3º Milênio – daí em diante então, a Energia Imunizante Racional já o terá Imunizado, já terá realizado a libertação dos Encantados.

 

Contudo, enquanto você não conhecer a causa nem a origem de coisa nenhuma, nem você e nem toda a Humanidade, não vai poder saber se organizar, para que a vida seja bem formada, bem constituída, firme e equilibrada ao bom viver.

 

Ao contrário, a vida vai ser de lutas e sofrimentos até morrer. A vida se resumirá num digladio incessante, de pensadores sem solução; vivendo uns contra os outros e, todos em progresso de degeneração e a caminho acelerado para a extinção desta civilização do Segundo Milênio que, já faz oito décadas que terminou.

 

É de praxe dizer-se que errar é humano. Ora! Persistir no erro, então, é desumano. E é isto mesmo o que mais nós fazemos. O que mais a gente faz, o que mais você faz. O Ser Humano fala muito em “errado e certo”, mesmo não conhecendo qual que é o seu próprio Ser certo.

 

E, sob o efeito da Imunização Racional, as partículas de suas sete sementes vão sendo trasladadas daqui para o Mundo Racional.

 

E, uma vez lá em seu verdadeiro Mundo de Origem, através dessas sete partículas Racionalmente resgatadas, vai sendo formado outro corpo; um corpo Racional puro, limpo e perfeito; muito diferente deste corpo material que é oriundo das mesmas sete partículas seminais, mas só enquanto deformadas nesta Galáxia Térrea.

 

A vida que você é, não se acertará enquanto você não souber com base e com lógica consciente e positiva, que você não é daqui.

 

A Fase (ou dia do Juízo) é agora. Daí, você ajuizado pelo tino das verdadeiras coisas, você estará eternamente salvo, porque não tornará a nascer mais aqui nesta Soberba Fonte de raciocínios perdidos que é o Encanto.

 

O papel desempenhado pela Natureza nesta Fase Racional dela, tem sido o de arrochar a todos os remanescentes animais Racionais, pensadores, sofredores e mortais pelo Mundo inteiro.

 

A solução da vida deste Segundo Mundo está no desenvolvimento da desmaterialização do raciocínio; que é uma Energia Racional, de um Habitante do Mundo Racional, que o Ser Humano a conduzia inerte, latente, dentro de sua cabeça.

 

E que depois de desmaterializado, esse Habitante toma a forma corpórea do seu verdadeiro estado de ser natural e, volta para o primeiro Mundo — o Mundo Racional.

 

É assim, por evolução natural da Natureza que, chegamos ao fim de nós sermos assim. E então, terminando neste Segundo Mundo esta classe de animal Racional; por, o Dono da Vida, que é o Habitante do Mundo Racional que materializou-se; ele – por Divina Providência da Energia Imunizante Racional – já estará vivendo no Primeiro Mundo, no verdadeiro Mundo – o Mundo Racional.

 

A sua Raça é Racional. E, Racional não morre, Racional é eterno.

 

E, lugar de Racional é no Mundo dos eternos, puros, limpos e perfeitos: o Mundo Racional; o verdadeiro Mundo de sua verdadeira Raça.

 

Pois, tudo evolui para chegar ao que era no mesmo lugar de onde partimos e para onde vamos. Vamos para o Mundo Racional, de onde, tudo veio e todos vieram. É pra lá que vamos (a conseqüência lógica); porque, é de lá que somos (a premissa básica).

 

Tenho pra mim que, está na hora de você ter por base os Conhecimentos Racionais que, baseados estão, na Personalidade Verdadeira do Ser Supremo a tudo e a todos; posto que, Deus existe.

 

Mas, o verdadeiro Deus não existe como uma ficção imaginária de ninguém; e sim, como O Ente Supremo do real da realidade; o embargador do Encanto e o desembargador do desencanto.

 

Será que já não chega de a Humanidade continuar mantendo as aparências como elemento de prestígio, neste Mundo de virtudes perdidas e deformadas do que eram?

 

Todas as capacidades estão sendo convocadas pela Fase Racional da Natureza – da mais diminuta à maioral – para que façamos do Brasil e, do Mundo, o maior celeiro cultural construtivo da felicidade, da paz, da fraternidade e da concórdia universal.

 

No pensamento impera a discórdia. A discórdia é a desunião de toda a humanidade. No raciocínio, a concórdia. A concórdia é a união de toda a humanidade.

 

A humanidade, primeiramente por ela não conhecer a origem; e depois, pela opção que nossos primitivos ancestrais fizeram de viver sempre envolvidos na matéria; daí então, preponderou o rumo da evolução da matéria.

 

Foi por causa de mais uma pregressa e infeliz opção que fizemos; desde longínquas gerações passadas, desconhecedoras de nosso verdadeiro Mundo de origem; foi então que, na continuidade de sermos gerados e feitos neste Mundo de Mentiras que é o Encanto; foi por isto que, viemos nos sucedendo e julgando que fossemos filhos da matéria.

 

E foi assim que, você veio a ser mais um dos herdeiros (ou uma das herdeiras) da Cultura das mentes de matéria: a Cultura da Animalização dos povos e que, se trata da mesma Cultura da Artificialização dos Povos Civilizados do Segundo Milênio.

 

Enfim, foi a Cultura que data e progride desde os remotos tempos de quando todos estávamos sendo preparados pelas Energias Donas do Pensamento e da Imaginação, preparo aquele que deixou você, (e todos) prostrados nesta classe de sofredores e mortais.

 

Pra piorar, o agravante disso tudo foi a contradição que te acometeu, a você e a todos nós, de: por viver sem se conhecer, nem você (nem ninguém) saber dizer o porquê de o seu Ser assim ser; e ainda assim – iludido pelo magnetismo e simbolismo dessa mecânica de deformação – manter-se julgando e pensando ser o que não é (nem você e nem ninguém).

 

Para concluirmos este post, falemos só mais um tiquinho a respeito do simbolismo; simbolismo este que, como não podia deixar de sê-lo, se trata do efeito de uma causa; o efeito simbólico da mecânica do magnetismo material.

 

Falemos disto então, da seguinte forma:

 

Nossos aparelhos de reprodução que, nos reproduzem como seus filhos irmãos; apenas é da competência deles comporem o ferramental natural da Natureza que nos dá a formação de um tudo – aparente surgido de um óvulo seminal ínfimo; bem dizer, de um nada que, é uma energia em estado degenerado como que, um deletério.

 

Mas, não é da competência dessa matéria dos Aparelhos Humanos reprodutores de semelhantes a si mesmo, ser a origem da causa. A matéria somente nos deu o efeito simbólico da deformação; interagindo como coadjuvante.

 

Assim é que, a inteligência nascida no corpo de matéria, ela é devida ao corpo de energia e não à matéria que é um Ser que se desdobra em sua própria destruição.

 

A Energia é que foi e é a fábrica dos micróbios e dos vírus, existentes no sêmen dos Aparelhos de Reprodução, para que tivesse e tenha formação o nosso corpo humano. Pois tudo que existe, existe a causa; não há efeito sem causa

 

Vamos ler os Livros “Universo em Desencanto”, os livros de Cultura Racional. Nesse Livro, é somente onde tomamos conhecimento do nosso verdadeiro Mundo de Origem, o Mundo Racional e daí então, somos levados à descoberta dos dois Mundos: ▪ o Mundo elétrico e magnético que é este Segundo Mundo que habitamos; e ▪ o Mundo Racional – Mundo aquele do Éden (ou Planície) Racional, de onde nós saímos e que deu conseqüência a este em que vivemos.

 

Conheçamos como foi que se deu a deformação das virtudes para a formação deste Galáctico Conjunto de Sete Partes que é este 2º  Mundo – esta Galáxia Térrea e, como é que, agora, vai se dar a sua volta ao estado natural, perfeito, de ser. Agora é com você; você decide.

 

Tenhamos saúde, paz e sossego, pelo desenvolvimento do raciocínio, para resgatarmos o equilíbrio de Razão Suprema, aquele mesmo equilíbrio que nos faz ser em favor de tudo e em favor de todos. E propugnar pelo bem de tudo e pelo bem de todos, somente o bem.

Imagem

A vida futura já começou

Esta Vida Moderna nada é. E a vida futura tudo é; porque já começou e, quando consolidada nos dias vindouros, vai ser muito diferente desta, de tão melhor – sem comparação.

 

Todos se compreenderão, todos serão Imunizados e a vontade de um será a vontade de todos.

 

Há um jeito, forma, modo e maneira de a gente conversar com a nossa verdadeira mãe, para que a sabedoria do Mundo deixe de ser esta que é só de sofredores.

 

E isto exige um ponto de evolução inigualável, desde o mais longínquo de todos os tempos desta deformação que teve origem Racional.

 

Primeiramente, é preciso que se diga que há duas Naturezas. Existe a Natureza deformada magnetizante que nos faz julgar e pensar que a vida se resume só nisso mesmo; que a vida é só esta mesmo – de nascer, sofrer e morrer após lutar por tantas coisas e causas perdidas. Luta de guerreiros vencidos pelo sofrimento e pela morte.

 

Então, existe a Natureza deformada devido à deformação que se passou na parte da Planície e dos corpos Racionais, hoje decaídos em matéria como animais. Natureza esta, pela qual somos formados e, nós dela dependemos para poder viver.

 

Enquanto aqui neste Mundo existirem: sol, lua, estrelas, água, terra, animais e vegetais; então, nós seremos sempre os mesmos aqui a nascer.

 

E isto, se assim é, é porque nessas sete repartições naturais da Natureza (deste nosso Galáctico Mundo de mentiras) de que somos formados, é onde estão as partículas das virtudes pelas quais somos formados aqui na Terra.

 

A formação de nosso corpo aqui na Terra, deriva de sete nascentes que são sete sementes em estado de partículas, formando para cada qual de nós um corpo humano.

 

Sete sementes em junção seminal, pela Força natural dos Três Poderes, elas delineiam no sêmen a Planta da vida em estado fluídico, para que tenha formação um corpo vegetal com fórmula diferente; de categoria superior e forma de animal da origem de Racional. Daí, esta nossa classificação: animal de origem Racional.

 

A nossa deformação ela reside nessas sete partículas, ligadas cada uma delas, em seu correspondente Reino desta Heptarquia Arquidoférica. Mas enquanto nós formos Racionais deformados, o que é deformado sempre em transformações, cada vez para pior; e sempre se transformando até chegar à extinção definitiva pelo progresso da degeneração, da poluição e da Deformação deste Galáctico Mundo Encantado; no qual cada vida vai vivendo por ter vida e sem saber o porquê da vida.

 

É este o nosso estado natural de ser?

 

Para a compreensão do que é o estado natural – enquanto indivíduos – é preciso que tenhamos o Conhecimento das duas Naturezas e de quais são os três Campos de Vida.

 

Os três Campos de Vida que existem são:

— O Astral Inferior com os seus habitantes visíveis e invisíveis;

— O Astral Superior com os habitantes daquele Galáctico Mundo; muito acima da nossa Deformação.  A deles é acima do Sol e a nossa é abaixo do sol.

— O Mundo Racional com os seus Habitantes.

As duas Naturezas são:

— A Natureza deformada, esta deste Campo de Vida em que vivemos neste Mundo de Matéria que habitamos; e

— A verdadeira Natureza, aquela do estado legítimo de ser, Racional – do Mundo Racional de onde viemos e para onde vamos; porque, é de lá que genuína e legitimamente somos.

 

Assim, enquanto indivíduos, a nossa natureza individual é adequada à Natureza que nos fez:

— é adequada a esta Natureza que nos fez e que nos faz assim ser; pois, é ela que faz de cada qual, um animal de origem Racional.

— e é adequada também à Natureza do nosso estado legítimo de ser, Racional. que é o Ser verdadeiro real do Corpo de Energia Racional, depois que ele voltar a ser puro, limpo e perfeito, de retorno ao Mundo Racional.

E, portanto, a natureza humana vivente, esta nossa natureza de Racionais deformados como animais, ela é adequada à Natureza que faz todas as vidas.

De forma que, estamos diante de dois Conhecimentos da formação do Mundo e dos Seres que o habitam:

 — Um deles, é o Conhecimento que é extraído do saber deste Mundo, através do qual o pensamento criou e fez todo esse progresso artificial, material, filosófico e científico. O pensamento, por ser uma degeneração e deformação Racional,  foi desenvolvido e evoluído pelo artifício.

 Isso, é o que se pode chamar de “a Cultura da matéria” que, é a Cultura dos Seres ligados ao fluido (ou energia) animal. E, os Seres Humanos ligados à Energia animal, pensam como animal que se trata de um Ser variante, negativo e inconsciente. E ademais, de diminuta faculdade consciente; em que pese altamente cultos em Cultura Artificial.

 

Então, este é o saber que nos caracteriza como Encantados e que foi extremamente necessário para a lapidação de todos nós enquanto Animais Racionais vivendo sem saber por que vive.

 

A Cultura material foi necessária para um tempo que já expirou em 1935, encerrando assim na Natureza, a Fase do Pensamento. A Fase que todos pensavam; mas, ninguém sabia para que foi feito o pensamento que criou e fez todo esse progresso artificial, material, filosófico e científico.

 E sendo tudo articulação da Dona do Pensamento que, transmite o que quer que seja feito em suas ferramentas humanas pensantes, para comandá-las, lapidando-as, através do pensamento e da imaginação.

 — O outro Conhecimento é extraído do saber próprio do Mundo Racional com os seus Habitantes que, nós estamos conhecendo agora, a fim de que todas as mentes sejam equilibradas para o ponto real.

 E estes inéditos Conhecimentos Racionais vieram de fora, transcendendo de outras paragens e baseados na Personalidade Verdadeira de um Ser Supremo a tudo e a todos; pois, é neste Conhecimento que estão todas as Bases do Verdadeiro Deus.

 Através da leitura, releitura e estudo com persistência diária deste Conhecimento, toda a humanidade fica sabendo: de onde foi que viemos, como foi que viemos; para onde era que estávamos indo enquanto estávamos vivendo sem ninguém se conhecer; e para onde é que vamos e como é que vamos, depois que a vida e a organização dos Seres Orgânicos se adequarem ao modo de que se constitui a vida.

 Então o nosso foco agora, deva ser não mais no corpo material e sim, no corpo primordial que é aquele mesmo corpo de onde foi conseguido este, de sofredores e mortais. Aquele é o corpo de origem e este corpo de matéria tem, daquele, a sua parte essencial.

 Só agora (de oito décadas para cá) foi que apareceram as instruções para nós adquirirmos a Imunização Racional do corpo e da vida. E temos que levar em conta que não podemos mais perder tempo; já chega o tempo perdido; pois o Mundo está nesse desequilíbrio infernal nesta transição de Fase do Pensamento que terminou, para a Fase provisória do desenvolvimento do raciocínio.

 O fator de risco, nos dias de hoje é extremamente alto com esse restinho de pensamento em função dentro da cabeça humana; em que o pensamento está secando e o sentimento de humanidade se esvaindo; e como bichos, matando uns aos outros sem cessar. É a Natureza apertando os pensadores, para que passem a raciocinar depois de desenvolverem o raciocínio.

 É preciso ler e reler imediatamente, constantemente, para que a Energia Racional nele materializada como um universo de discurso Racional, elucide o raciocínio de lucidez Racional, até a pessoa se ligar ao Mundo Racional; e possa então ter prolongado e possa ter a convicção derradeira de que neste Mundo de matéria não vai mais nascer.

 Não se pode mais dedicar-se a viver todo o tempo exclusivamente com o saber deste Mundo; porque sem o Conhecimento da Imunização Racional totalmente de posse do seu “eu”, por mais que a pessoa venha a ter os seus anos de vida prolongados; mas, a matéria está muito fraca, muito poluída,  muito degenerada; e os anos de vida não serão assim tão longos; ao contrário, serão muito resumidos.

 A matéria está muito poluída e é preciso desligar o raciocínio do embrião magnético, mediante o qual o nosso Ser Racional se mantém organicamente ligado à formação corpórea material e a caminho da extinção da classe de Animal Racional.

Buscar pelo Conhecimento Racional já disponibilizado neste Mundo compete a cada um de nós na humanidade desejosa de se salvar eternamente.

 Tenhamos todos: saúde e paz, pelo desenvolvimento do raciocínio.